Mais de 4 mil pessoas estão na fila de espera por cirurgias eletivas no Piauí

A deputada estadual Teresa Britto (PV) relatou, na sessão plenária desta quinta-feira (20/05) na Assembleia Legislativa, que existem mais de 4 mil pessoas na fila de espera para fazer uma cirurgia eletiva, dos quais 1.700 são por causas traumáticas de ortopedia.

“O hospital de Barras tem estrutura e poderia, se tivesse investimentos, atender boa parte da região Norte, como Cabeceiras Batalha, Luzilândia, Esperantina e tantas outras. O hospital de São Miguel do Tapuio é grande, tem sala de cirurgia, mas funciona apenas como um ambulatório”, denunciou.

A parlamentar afirmou que recebe diariamente reclamações de pessoas que estão há dois anos esperando uma cirurgia e pessoas que estão há seis meses com membros quebrados e que não conseguem uma operação ortopédica. “

A oradora acrescentou que a rede hospitalar de Teresina está superlotada, mas é quem vem dando vazão à demanda por mais saúde pública e que os casos atendidos aqui deveriam ser somente os de alta complexidade, deixando os casos menos graves para os hospitais do interior.


Fonte: Alepi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *