Morre segunda pessoa baleada em discussão familiar no bairro São Pedro em Teresina

Morreu na madrugada deste domingo (31), Daniel Flauberth Gomes Nunes Leal. Ele é mais uma vítima fatal da discussão familiar que terminou com três pessoas baleadas no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina, na manhã de sábado.  Ele estava internado em estado gravíssimo no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Daniel morreu horas depois que o servidor do Tribunal de Justiça do Piauí, Felipe Guimarães Martins Holanda, 37 anos, que também estava internado no HUT. Permanece em estado grave no hospital a babá identificada como Juliana, baleada na cabeça.

O caso 

A versão que a Polícia Civil apura, é que os dois cunhados iniciaram uma discussão após um deles, identificado como Daniel, se irritar com o choro do sobrinho. O pai da criança, identificado como Felipe, não gostou das reclamações e os dois iniciaram uma discussão.

“Foi um desentendimento familiar, e parece que era recorrente, ontem à noite teve outro desentendimento e teve o clímax na manhã de hoje em Teresina. Na verdade, lá é um terreno que moram três famílias. O Daniel é atirador esportivo e reclamava do choro do filho do Felipe, que tem espectro autista de alto grau. O Felipe foi tirar satisfações com o cunhado, pois estava tendo muitos xingamentos, o Daniel parece que teve um surto e foi pegar a arma e fez disparos, sendo que atingiu primeiro a empregada doméstica [Juliana], depois o Felipe reagiu, mas foi atingido, na confusão as esposas tentaram separar, conseguiram tomar a arma do Daniel e ele também acabou sendo baleado”, explicou o major Tales, subcomandante do 1º BPM.

Foto: Polícia Militar

Após a confusão todos foram socorridos e encaminhados para o Hospital de Urgência de Teresina. No local ainda foram apreendidas mais duas armas de fogos e muitas munições que pertencem a Daniel, que é atirador esportivo.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Hérlon Moraes e Natanael Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.