MP/PI arquiva investigação sobre suspeita de “fura-fila” em Patos

A promotora Karine Araruna Xavier arquivou notícia de fato instaurada no âmbito da Promotoria de Justiça de Jaicós, que investigava suspeitas de irregularidades na vacinação contra a Covid-19, no município de Patos do Piauí, prática conhecida como “fura-fila”.

As informações repassadas ao MP eram de que jovens ligadas politicamente ao prefeito Joaquim Neto (PSD), teriam sido imunizadas em desconformidade com o previsto no Plano Nacional de Imunização. E que após a repercussão, as duas chegaram a retirar das redes sociais imagens dos respectivos cartões de vacinação.

Contudo, a Secretaria de Saúde de Patos do Piauí informou que as jovens são profissionais que atuam na área de saúde. E que as denúncias tinham cunho político.

A secretaria repassou ainda ao MP a lista dos profissionais vacinados e as informações sobre doses de vacina contra a Covid-19 fornecidas pelo Ministério da Saúde.

Para a promotora, os dados repassados pela prefeitura atestam a regularidade da vacinação.

Por Meio Norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *