Mulher de 23 anos tem o corpo queimado por companheiro; Suspeito foi preso e solto em seguida

Uma mulher de 23 anos teve parte do rosto e ombros queimados pelo próprio companheiro na cidade de São João do Piauí. O caso teria acontecido no último sábado (04/07). Uma semana após o crime, o suspeito ainda não foi preso e segundo a jornalista e liderança de São João do Piauí, Socorro Pereira, nenhuma providência foi tomada, pois o município não possui um delegado titular.

De acordo com a denúncia da jornalista, o suspeito chegou a ser preso pela Polícia Militar na quinta-feira (09), na cidade de São Raimundo Nonato, onde estava escondido em um hotel. Na data, o homem permaneceu preso por 4h. No entanto, foi solto logo em seguida, pois não havia um mandado de prisão.

“Esse caso só veio a tona, pois uma foto vazou em grupos de WhatsApp. A PM não sabia. O comandante disse que não sabia. A Policia Civil foi chamada, mas não repassou o caso para a PM, que poderia fazer rondas para capturá-lo. Até o momento, não se sabe se há inquérito. Ontem conversei com o delegado e ele me informou que sabia do caso por alto, mas que achava que não era nada grave e que São João do Piauí está sem delegado e que está complicado para ele atender as duas cidades e tinha deixado para agentes da delegacia resolverem os problemas que chegassem”, disse.

O OitoMeia procurou o delegado Luciano, titular da delegacia de Simplício Mendes e que também é responsável pela delegacia de São joão do Piauí. Pelo WhatsApp, ele afirmou que acredita que a denúncia está ” incorreta”. O delegado afirmou que a vítima foi ouvida e uma medida protetiva foi solicitada. Questionado sobre mais detalhes da investigação o delegado não voltou a responder até o fechamento desta reportagem.

Fonte:  OitoMeia

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *