Mulher é encontrada morta dentro de casa no Piauí e marido é preso como suspeito

Companheiro da vítima alegou que foi suicídio, mas foi conduzido até a Central de Flagrantes, onde foi oficializada a prisão em flagrante por suspeita de feminicídio. Caso ainda será investigado.

Por Lucas Marreiros, G1 PI

Cíntia Maria Alves da Cruz, de 32 anos, foi encontrada morta em uma rede dentro de casa, na noite dessa sexta-feira (12), no município de União, a 59 km de Teresina. De acordo com a Polícia Militar do Piauí (PM-PI), o companheiro da vítima foi preso em flagrante como suspeito do crime.

À polícia, o homem disse que a companheira havia cometido suicídio, mas o delegado de Polícia Civil, Francírio Queiroz, disse ao G1 que a versão do suspeito e a perícia preliminar do local da morte apresentam possível divergência.

Segundo o tenente Miguel Luz, comandante da PM em União, a arma que teria utilizada no crime, uma espingarda artesanal bate bucha, foi encontrada próximo do corpo da mulher.

“A guarnição foi acionada no início da noite de ontem para um possível homicídio. O local foi isolado e a perícia foi acionada”, informou.

Arma que teria utilizada no crime foi encontrada próximo do corpo da mulher — Foto: Divulgação/PM-PI

Arma que teria utilizada no crime foi encontrada próximo do corpo da mulher — Foto: Divulgação/PM-PI

O delegado Francírio Queiroz informou que o caso ainda será investigado. “Diante de algumas divergências entre o que foi verificado no cenário da ocorrência e a versão apresentada pelo companheiro da vítima, que alegou suicídio, o suspeito foi conduzido até a central de flagrantes, onde o delegado plantonista decidiu pela prisão em flagrante pela prática de feminicídio”, explicou.

O homem ainda deve passar por audiência de custódia em que a Justiça vai decidir se converte a prisão dele em preventiva ou se ele poderá responder pelo crime em liberdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *