Neymar faz dois gols de bola parada, e PSG conquista a Supercopa da França

Neymar foi o nome da vitória do PSG sobre o Nantes, por 4 a 0, na final da Supercopa da França, disputada no Bloomfield Stadium, em Israel, neste domingo (31).

O brasileiro fez dois gols de bola parada e começou a jogada para o primeiro da partida, marcado por Messi. Sergio Ramos, com categoria, também deixou o dele.

NEYMAR + MESSI = GOL

O PSG já dominava a partida desde o começo. As jogadas estavam passando especialmente pelos pés de Neymar e Messi e não foi diferente no lance em que a equipe abriu o placar.

Neymar recebeu no meio de campo e enfiou a bola para o ataque. Ela desviou no meio do caminho e encontrou Messi, que avançou, driblou o goleiro Lafont e empurrou para o fundo da rede, aos 21 minutos.

Foi o brasileiro quem começou uma boa jogada aos 48 do primeiro tempo. Ele deu aquela penteada na bola e recebeu uma entrada dura de Sissoko.

Na bola parada, Messi correu por cima da bola e deixou para Neymar, que mandou uma cobrança perfeita no ângulo de Lafont, ampliando o placar aos 50.

SERGIO RAMOS NA CATEGORIA

O PSG manteve a supremacia na segunda etapa. Messi tentou construir uma jogada pelo lado esquerdo do ataque, mas Andrei Girotto conseguiu desviar para escanteio.

Na cobrança, a bola passou por toda a área e sobrou para Sergio Ramos que, oportunista, mandou de calcanhar para o gol vazio.

Na habilidade, Neymar construiu uma nova boa jogada para o PSG, aos 31. Ele rabiscou no meio da área e tocou para Bernat na esquerda. O lateral chegou batendo com força, mas mandou na rede pelo lado de fora.

Foi o brasileiro quem começou uma boa jogada aos 35. Ele tocou para Messi, que lançou no lado direito do ataque. A bola voltou para Neymar, que dominou no meio da área e foi derrubado por Castelleto, expulso pelo árbitro em seguida.

NEYMAR ‘ROLA A BOLA’ EM PÊNALTI E FAZ GOLAÇO

A cobrança de pênalti ficou sob responsabilidade de Neymar. Ele foi para a bola devagarzinho e cobrou do seu jeito característico, praticamente rolando a bola.

Ela saiu devagarzinho e Lafont até ensaiou que chegaria na bola, mas não teve o reflexo e a bola morreu na rede aos 37.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.