Esportes

Nos pênaltis, Água Santa elimina o Red Bull Bragantino e é finalista do Paulistão

O Água Santa é o adversário do Palmeiras na final do Campeonato Paulista 2023. A classificação veio após empate por 1 a 1 no tempo normal com o Red Bull Bragantino e vitória nos pênaltis por 4 a 2, na Vila Belmiro, em Santos, em jogo único da semifinal do Estadual. Alerrandro, de letra, e Lucas Tocantins marcaram os gols da partida.

Este é o maior feito do time do ABCD Paulista, que tem apenas 41 anos de fundação. Com um investimento muito menor que os grandes concorrentes, garantiu vaga no calendário nacional do ano que vem, quando disputará a Série D do Campeonato Brasileiro.

A princípio, as finais estão marcadas para os dias 2 e 9 de abril. Por ter melhor campanha, o Palmeiras jogará a segunda partida no Allianz Parque, na capital paulista. Assim, o primeiro jogo deverá ser no Distrital do Inamar, em Diadema, ou outro local de preferência do time da Grande São Paulo.

Com bola rolando, o Red Bull Bragantino precisou de apenas sete minutos para abrir o placar. Andrés Hurtado recebeu livre na direita, foi até a linha de fundo e cruzou para Alerrandro. O centroavante finalizou de letra, a bola tocou na trave, do goleiro Ygor Vinhas e parou no fundo das redes.

Apesar do gol sofrido, o Água Santa não se abateu e fez jogo de igual para igual com o Red Bull Bragantino. E quase empatou aos 11, quando Lucas Tocantins deu ótimo passe para Bruno Mezenga, que acabou travado por Juninho Capixaba. No minuto seguinte, Igor Henrique tentou de fora da área.

Aos poucos o Água Santa cresceu na partida e encontrou espaços na defesa adversária. De pé em pé, aos 27, Rodrigo Sam encontrou Bruno Mezenga e o atacante encheu o pé, contudo, o goleiro Cleiton fez defesa segura no centro do gol e manteve a vantagem de um gol até o intervalo.

No segundo tempo, foi a vez do Água Santa precisar de poucos minutos para balançar as redes. Logo aos cinco, o goleiro Cleiton falhou feio na grande área e entregou a bola nos pés de Lucas Tocantins, que passou por ele e concluiu para o gol vazio. Uma falha incrível do goleiro.

O empate deixou a partida muito disputada e aberta. Só que o Água Santa viu o zagueiro Rodrigo Sam perder a cabeça ao agredir Artur, do Red Bull Bragantino, e ser expulso aos 20 minutos. Ele atingiu o rosto do adversário primeiro com cotovelada e em seguida com uma cabeçada.

Só que o time de Bragança Paulista não soube aproveitar a superioridade numérica e também teve jogador expulso aos 29 minutos, quando o volante Matheus Fernandes recebeu o segundo amarelo e consequentemente o vermelho.

Com dez de cada lado, o confronto ficou truncado e terminou empatado, forçando as cobranças de pênaltis.

Nas penalidades, o Água Santa venceu o Red Bull Bragantino por 4 a 2. O time de Diadema desperdiçou apenas uma cobrança, enquanto o de Bragança Paulista errou duas vezes e viu a vaga na decisão ficar com o adversário.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9417-2542

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais