“O Brasil agradece!”, diz Bolsonaro após morte de Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa, de 32 anos, morreu nesta manhã (28) durante um confronto com a polícia em Goiás.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) parabenizou os policiais militares do estado de Goiás, após o desfecho do caso Lázaro Barbosa nesta segunda-feira (28). O serial killer de 32 anos estava sendo procurado há 20 dias, depois de ter cometido uma série de crimes no Distrito Federal e também em Goiás. Ele morreu durante um confronto com a polícia nesta manhã.

Bolsonaro ressaltou o trabalho contínuo da polícia para dar fim ao terror praticado por Lázaro Barbosa. Ele foi localizado pela Polícia Militar de Goiás. “Parabéns aos heróis da PM-GO por darem fim ao terror praticado pelo marginal Lázaro, que humilhou e assassinou homens e mulheres a sangue frio. O Brasil agradece! Menos um para amedrontar as famílias de bem. Suas vítimas, sim, não tiveram uma segunda chance”, escreveu o presidente.

Entenda o caso

Lázaro Barbosa é acusado da morte de quatro pessoas de uma mesma família na cidade de Ceilândia no Distrito Federal e ainda do assassinato de um caseiro no distrito de Girassol, em Goiás.

Lázaro Barbosa

Ele estava foragido desde o dia 9 de junho, quando cometeu o primeiro crime. Em seguida, roubou um carro e empreendeu fuga para a cidade de Cocalzinho de Goiás, distante a 80 km do local do crime. Mais de 200 policiais foram mobilizados e iniciaram as buscas por Lázaro, que só foi localizado pela polícia 20 dias depois.

Por GP1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *