ONG denuncia envenenamento de gatos no bairro Junco em Picos

A ONG utilizou-se das redes sociais para emitir uma nota onde repudia e se indigna com esse tipo de crime.

A APAPI (Amigos Protetores dos Animais de Picos), denuncia que 9 gatos foram mortos por envenenamento no bairro Junco em Picos. O crime teria acontecido no dia 5 de maio de 2022.

A ONG utilizou-se das redes sociais para emitir uma nota onde repudia e se indigna com esse tipo de crime. “A Apapi registra sua total indignação e descontentamento com o fato, solidarizando-se todos que perderam seus animais e colocando-se à disposição da sociedade e dos órgãos responsáveis pelas investigações para o auxílio do que se fizer necessário”, disse a nota da Apapi.

A ONG pede que haja uma investigação e que os autores sejam identificados e responsabilizados pelo crime cometido. Somente assim o combate a violência contra os animais teria efetividade.

A Lei 14.064/2020, mais conhecida como Lei Sansão, criou uma qualificadora do crime contra a dignidade animal: quando a vítima do crime for cão (animal da espécie Canis lupus familiaris) ou gato (animal da espécie Felis catus), as penas são mais rigorosas: reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, multa e proibição de guarda.

Leia a nota da APAPI

A Apapi (Amigos Protetores dos Animais de Picos-Pi), tendo tomado ciência da barbárie ocorrida no dia 05 de maio de 2022, onde cerca de 9 gatos foram envenenados no Bairro Junco, vem publicamente manifestar sua indignação, repúdio e tristeza ao crime praticado.

Cumpre esclarecer que, nos termos da Lei Sansão (Lei 14.064/20), que aumentou a pena para maus-tratos a cães e gatos. O crime passou a ser punido com reclusão de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda.
O bem-estar animal possui importância legislativa, e o sofrimento destes deve ser veementemente combatido. Sendo assim, tal prática delituosa deverá ser severamente combatida e reprimida, responsabilizando-se de forma eficaz o (s) autor (es) do fato.

A Apapi registra sua total indignação e descontentamento com o fato, solidarizando-se todos que perderam seus animais e colocando-se à disposição da sociedade e dos órgãos responsáveis pelas investigações para o auxílio do que se fizer necessário.

⚠️ PEDIMOS ESCLARECIMENTOS A DELEGACIA DE POLÍCIA DE PICOS DO MOTIVO PARA TER SIDO NEGADO O DIREITO DE REGISTRAR O BOLETIM DE OCORRÊNCIA NESSE CRIME. SEGUNDO INFORMAÇÕES DOS TUTORES QUE PERDERAM SEUS ANIMAIS FOI NEGADO O DIREITO DE REALIZAÇÃO DO BO. ⚠️

Por Riachão Net

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *