Os dois menores PIB municipais do país estão no Piauí, afirma IBGE

No contexto do Nordeste, o Piauí também se destaca com 14 municípios fazendo parte da relação dos 30 menores PIBs da região.

Apesar do aumento no PIB da ordem de 8,7%, tendo passado de R$ 12,9 milhões, em 2017, para R$ 14,1 milhões, em 2018, o município piauiense de Santo Antônio dos Milagres foi o detentor do menor PIB de todos os municípios do Brasil. Na sequência, o segundo menor PIB do país também ficou com um município do Piauí, Miguel Leão, apesar do crescimento de 12,3%, tendo passado de R$ 14,7 milhões, em 2017, para R$ 16,5 milhões, em 2018.

Em Santo Antônio dos Milagres, o Valor Adicionado Bruto (VAB) de maior destaque na economia é o do setor da Administração, Defesa, Educação e Saúde públicas e Seguridade Social, que representa 78,39% do VAB total do município. Na sequência vem o VAB do setor de Serviços, com 15,6%, da Indústria, com 3,71%, e o da Agropecuária, com 2,3%.

Em Miguel Leão, o Valor Adicionado Bruto (VAB) de maior destaque na economia é o do setor da Administração, Defesa, Educação e Saúde públicas e Seguridade Social, que representava 61,49% do VAB total do município. Na sequência vem o VAB do setor de Serviços, com 18,30%, da Agropecuária, com 11,77%, e o da Indústria, com 8,44%.

Além dos municípios piauienses serem destaque com os dois menores PIBs do país, é interessante salientar ainda que, no contexto do Nordeste, o Piauí também se destaca com 14 municípios fazendo parte da relação dos 30 menores PIBs da região.


Fonte: Com informações da Ascom/IBGE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *