Geral

Pai é preso suspeito de colocar veneno na chupeta do filho de 2 meses por recusar paternidade

Um indivíduo, cuja identidade não foi divulgada, foi detido sob suspeita de tentativa de homicídio por envenenamento de seu filho de dois meses com chumbinho há 14 anos. A prisão ocorreu nesta quinta-feira (11/04), em Camaçari, na região metropolitana de Salvador, relacionada a um incidente ocorrido em 2010.

Segundo informações da Polícia Civil, o homem teria inserido veneno na chupeta do bebê devido à sua recusa em reconhecer a paternidade da criança. Na ocasião do crime, o bebê foi levado a um hospital, onde recebeu tratamento médico e conseguiu sobreviver.

Um mandado de prisão só foi emitido pela justiça em 2018, oito anos após o incidente. A razão para a demora na emissão do mandado de prisão preventiva não foi especificada pela polícia.

Durante seu interrogatório após a detenção, o suspeito afirmou que, na época, apenas pretendia assustar a mãe do bebê. Ele foi encaminhado para a Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter), onde permanece à disposição da justiça.


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais