Paraguaios cavam valas para impedir entrada de brasileiros no país

Quarentena no país foi estendida até 12 de abril

Um movimento comunitário está cavando valas na cidade de Ypejhú, na fronteira com o município sul-mato-grossense de Paranhos. O trabalho começou nesta sexta-feira (20), e se segundo os moradores, tem objetivo de impedir o acesso de brasileiros, com veículos, ao país que está de quarentena, estendida até o dia 12 de abril.

Em Pedro Juan Caballero, vizinha à brasileira Ponta Porã, moradores colocaram pneus, fitas e tambores para impedir a passagem de veículos e pedestres.

O Exército paraguaio está monitorando a fronteira dos dois países, na região de Pedro Juan Caballero, deste quarta-feira (18), quando a fronteira foi oficialmente fechada. De acordo com o governo do Paraguai, só podem entrar no país paraguaios ou residentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *