Patos/PI: prefeito Joaquim Neto participou em Jaicós, de reunião que discutiu melhoria na segurança em seis municípios

O prefeito de Patos do Piauí, Joaquim Neto, participou na manhã desta quinta-feira (21.jan) na Câmara de Vereadores de Jaicós, de uma reunião idealizada pelo comandante da 3ª Companhia da Polícia Militar, capitão Edivan Martins Machado, que reuniu autoridades dos seis municípios que integram a jurisdição da companhia: Jaicós, Massapê, Patos, Belém do Piauí, Padre Marcos e Francisco Macêdo, para discutir melhorias na Segurança Pública.

Além de Joaquim Neto, também participaram da reunião os prefeitos: Valdinar Silva (Padre Marcos), Rivaldo Carvalho (Massapê), Odair, vice-prefeito de Francisco Macêdo, presidentes das Câmara de Vereadores de Jaicós (Bosquinho), Maria dos Remédios (Massapê), Adonias (Francisco Macêdo) e Francisco Felipe (Belém do Piauí); Dr. Guilherme Bento, representando o prefeito de Jaicós, Neném de Edite, Bernardino, representando o prefeito de Belém do Piauí, Ademar Carvalho; as vereadores de Jaicós, Francisca de Manim e Mocinha; o pastor Antônio Marcos do povoado Croazal, zona rural de Jaicós, dentre outros.

 

O gestor de Patos se posicionou favorável a união dos seis municípios em prol da melhoria da segurança: “Assumi recentemente como gestor do município de Patos e encontrei um município mergulhado em débitos com funcionários e a Receita Federal. As duas primeiras parcelas do FPM, dos dia 10 e 20 de janeiro, deixaram as contas da prefeitura zeradas. Não é fácil a situação. Mas, estamos arrumando a casa. Vamos vencer este momento de dificuldades deixado pelo ex-gestor, não tenho dúvidas”, e continuou: “já conseguimos uma viatura para o município, pedimos ao comandante do GPM de Patos que intensificasse as rondas no povoado Cajueiro. Ele, de imediato nos atendeu e a população do povoado ganhou mais confiança e agradeceu pela presença mais rotineira dos policiais. Mas, quero dizer capitão Edivan, da nossa parte, seguindo os demais que aqui me antecederam, conte com o nosso apoio”, finalizou.

Por Portal Saiba Mais

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *