Paulo Sousa vence 1º clássico, Flamengo supera Botafogo e encosta no Fluminense

O clássico entre Botafogo e Flamengo da noite desta quarta-feira terminou com vitória rubro-negra por 3 a 1. O jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Carioca aconteceu no Engenhão e marcou o primeiro triunfo em clássicos do novo técnico flamenguista Paulo Sousa, além de recolocar o time na briga direta pela primeira posição.

Após perder o título da Supercopa do Brasil para o Atlético-MG, o Flamengo volta as atenções para o Campeonato Carioca e consegue diminuir a distância para o líder Fluminense.

Agora com 19 pontos, o time rubro-negro fica a dois pontos do tricolor, na segunda posição. Desfalcado, o Botafogo tem sua sequência de duas vitórias consecutivas interrompida e segue com 16 pontos, na quarta colocação do Campeonato Estadual.

A vitória desta quarta-feira aumenta para oito jogos a seca do Botafogo diante do Flamengo, com sete vitórias e um empate para o time da Gávea. É também a primeira vitória em clássicos do técnico Paulo Sousa, que havia perdido por 1 a 0 para o Fluminense.

A iniciativa no começo de partida ficou por conta do Flamengo. Um desvio de cabeça feito por Willian Arão, que completou 350 jogos com a camisa rubro-negra nesta quarta, foi o primeiro bom momento do jogo.

O domínio visitante continuou, o Botafogo deu espaço e Pedro abriu o placar aos 8 minutos. O atacante recebeu enfiada de bola de Arrascaeta, dominou no peito e tirou de Gatito: 1 a 0.

Dois minutos mais tarde, a zaga do Botafogo falhou e a bola sobrou sozinha para Pedro finalizar, mas Gatito Fernández conseguiu a defesa desta vez. A bola ainda foi na direção do gol, mas Daniel Borges salvou em cima da linha. Com facilidade para criar jogadas, o Flamengo chegou novamente com um passe brilhante de Gabriel Barbosa por cima da zaga. Arrascaeta dominou na área e finalizou na trave.

Após a parada técnica, o Botafogo conseguiu se organizar melhor em campo e respirar na partida, deixando de levar tanta pressão do rival. Os mandantes até tiveram uma chance com perigo. Breno arriscou de fora da área para boa defesa de Hugo, já no fim do primeiro tempo.

Mas foi o Flamengo que achou tempo de marcar mais um gol ainda no primeiro tempo, aos 49 minutos. Em contra-ataque rápido, Gabriel Barbosa tabelou com Lázaro e finalizou para ampliar.

Ao fim dos 45 minutos iniciais, o trio de arbitragem da partida foi hostilizado por torcedores do Botafogo e levou alguns minutos para conseguir descer ao vestiário. A insatisfação foi por conta de um toque de mão na bola feito por Pedro, que resultaria em pênalti quando o jogo ainda estava 1 a 0. O árbitro consultou o VAR e não assinalou.

O jogo voltou agitado no segundo tempo, com o Botafogo se arriscando mais no campo de ataque. Em uma boa oportunidade, Matheus Nascimento bateu firme da entrada da área e Hugo defendeu. Na sequência, o time alvinegro até marcou, mas o gol foi anulado por impedimento.

Gabriel esteve perto de marcar mais um aos 18 minutos, mas a finalização do atacante explodiu na trave. A partida seguiu com muitas paradas até Giorgian De Arrascaeta fazer um golaço, aos 27 minutos.

Após longa troca de passes do time de Paulo Sousa, o meia uruguaio driblou Barreto e arriscou de fora da área, acertando grande chute.

Sem aparentar ter muitas forças para buscar uma reação, o Botafogo conseguiu diminuir no fim do jogo com um gol contra do zagueiro Léo Pereira. Fabinho levantou na área e o zagueiro desviou contra o próprio gol.

Botafogo e Flamengo voltarão a campo no próximo domingo para mais uma rodada do Campeonato Carioca, a nona. Às 16h, o Flamengo terá mando de campo no duelo contra o Resende. Já o Botafogo visitará a Portuguesa, às 19h. Ambos os times podem confirmar a classificação matemática para a semifinal.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *