PF abre inquérito e apreende arma de policial que baleou pedreiro em Picos

A assessoria da Polícia Federal informou que foi realizada uma perícia no local.

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar a abordagem de policiais rodoviários federais (PRF) que terminou na morte do pedreiro Joilson Pereira, de 38 anos. O pedreiro foi baleado após não atender a um pedido de parada da PRF. Joilson foi levado para o Hospital Regional Justino Luz mas não resistiu aos ferimentos e morreu nesta quinta-feira (5)

A assessoria da Polícia Federal informou que foi realizada uma perícia no local

e que não podia repassar detalhes sobre a investigação mas adiantou que quando há disparo de arma de fogo, a arma é recolhida para perícia e usada como prova no inquérito.

A Polícia Rodoviária Federal não informou qual arma foi utilizada na abordagem.

O caso

O pedreiro Joilson Pereira morreu após ser alvejado em uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na cidade de Picos na noite de quarta-feira (3). A família de Joilson conta que Joilson estava de moto e sem capacete, quando foi abordado pela PRF e não parou o veículo, sendo baleado logo em seguida.

Fonte: Cidade Verde

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *