Piauí tem aumento de 5.417% em casos de chikungunya e 765% de dengue

Foram notificados 4.359 casos da doença em 114 municípios. As duas recentes mortes registradas em decorrência da chikungunya não foram contabilizadas no boletim.

O Piauí registrou um aumento de 5.417% em casos de chikungunya e 765,8% de dengue este ano, segundo o boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (6) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). Já em relação a zika, o estado apresentou redução 15,4% nos casos notificados.

Em relação a chikungunya, foram notificados 4.359 casos em 114 municípios, enquanto que em 2021 foram 79 notificações em 20 municípios. As mortes pela doença do produtor cultural Walfrido Salmito em Teresina e do adolescente de 14 anos em Jaicós ainda não foram contabilizadas no boletim.

Os cinco municípios piauienses com maior incidência de casos por 100 mil habitantes foram: Monsenhor Hipólito, Alagoinha do Piauí, Simplício Mendes, Vila Nova do Piauí e Alegrete do Piauí.

Já a dengue, no estado registrou 11.766 casos em 195 municípios e 10 óbitos pela doença durante 2022. No mesmo período do ano passado, foram 1.359 casos notificados em 83 municípios.

Novo Santo Antônio, Antônio Almeida, Patos do Piauí, Simplício Mendes e Wall Ferraz são os cinco municípios piauienses com as maiores incidências de casos de dengue.

O secretário estadual de saúde, Neris Júnior, reforçou a ajuda da população para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus, chikungunya e outras doenças.

“As fiscalizações mostram que mais de 80% dos criadouros detectados estão localizados em ambientes domésticos. Precisamos que a população trabalhe junto da Sesapi e de nossos municípios para que ocorra uma redução nos casos notificados. Somente com esse trabalho em conjunto poderemos vencer o mosquito Aedes e consequentemente a dengue e a chikungunya”, declarou o secretário.

Por G1 PI

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *