Piauí tem quatro barragens em situação crítica, revela ANA

Relatório da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) 2019 mostra que o Piauí tem quatro barragens das 156 listadas pelo órgão em situação crítica. São elas: Petrônio Portela (São Raimundo Nonato), Poços Marruá (Patos do Piauí), Pedra Redonda (Conceição do Canindé) e Bezerro (José de Freitas) que, de acordo com a fiscalização, apresentam algum comprometimento estrutural.

O Relatório de Segurança de Barragens 2019 apontou que nas barragens foram encontradas erosões permanentes que aumentaram de 2018 para 2019, além disso, em barragens de concreto, foram observados problemas estruturais com ferragens expostas e vazamentos ao longo da parede.

“Os equipamentos das casas de máquinas, em quase totalidade das barragens visitadas, encontram dificuldades para abrir ou fechar suas comportas, devido falta de manutenção”, apontou o órgão fiscalizador.

VEJA O PROBLEMA  RELATADO PELA ANA POR BARRAGEM

PETRÔNIO PORTELA

Erosões acentuadas em todo seu talude a montante e a jusante. presença de árvores de médio porte em sua parede. 

POÇOS MARRUÁ

Vazamentos em sua parede, além de problemas para abertura e fechamento das válvulas dispersoras. 

PEDRA REDONDA

Apresenta problemas na abertura e fechamento das válvulas dispersoras. 

BEZERRO

A barragem teve problema em seu talude a 2 anos atrás, e seu sangradouro teve a seção aumentada. porém, os serviços de correção não foram iniciados. 

Sobre a barragem do Bezerro, por exemplo, foi anunciado que a reforma estava programada para janeiro de 2019.

O Cidadeverde.com tenta contato com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piaui (Semar) e também com o  Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi).

Fonte: Cidade Verde

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *