Piauí zera fila de espera por leitos clínicos e de UTIs Covid, diz Sesapi

No pior momento da pandemia, mais de 200 pessoas aguardavam leitos. Atualmente, dos 451 leitos de UTI disponíveis no estado, 411 estão ocupados. Quanto aos leitos clínicos, dos 1.141 disponíveis, 711 estão ocupados.

Por Bábara Rodrigues, G1 PI

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) informou, na manhã desta quarta-feira (5), que o Piauí conseguiu zerar a fila de espera por leitos clínicos ou Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Segundo o último levantamento, atualizado por volta das 8h30, a oferta de vagas em hospitais do estado é maior que a demanda de pacientes com Covid-19.

Apesar da redução das filas, a ocupação de leitos de UTI no estado ainda é superior a 90%. Dos 451 leitos de UTI disponíveis no estado, 411 estão ocupados. Em relação aos leitos clínicos, dos 1.141 disponíveis, 711 estão ocupados. A atualização dos números é feita diariamente.

Segundo a Central de Regulação da Sesapi, no dia 23 de fevereiro, a ocupação de leitos de UTI em hospitais públicos chegou a 100% em Teresina. No pico da doença, no mês de março, a taxa de ocupação dos leitos de UTI dos principais o interior do Piauí alcançou 79,2% e a fila de espera por um leito chegou a ter 238 pessoas, sendo que 164 esperavam por uma vaga em UTI e 74 por um leito clínico.

No último dia 27 de abril, o estado registrou redução de 87,39% em relação ao mês de março, com 30 pessoas na fila de espera. Para a coordenadora da Central de Regulação da Sesapi, Luciane Formiga, essa redução é um reflexo das medidas restritivas.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *