Picos: padre Walmir ignora apelos da câmara e mantém demissão de contratados

Indicados por apadrinhamento os servidores temporários tiveram seus contratos rescindidos no último dia 21 de maio.

Por José Maria Barros/Informa Picos

O prefeito de Picos, padre José Walmir de Lima (PT), ignorou os apelos de vereadores e representantes da sociedade civil e, manteve a decisão de rescindir os contratos temporários e excepcionais que o município mantinha com servidores indicados por apadrinhamento político.

Os servidores atingidos pela medida eram lotados na Secretaria Municipal de Educação e exerciam os mais diferentes cargos. Secretários de escolas, motoristas, auxiliares de serviços gerais, professores, diretores e merendeiras que ingressaram no serviço público por indicação política.

A rescisão dos contratos foi oficializada através de decreto assinado pelo prefeito Padre Walmir em 21 de maio, porém, com efeitos retroativos ao dia 1º do citado mês.

A assessoria do prefeito padre Walmir justificou que a medida está entre as ações que visam atenuar a situação de crise financeira gerada pela pandemia do covid-19 em Picos.

“A Prefeitura Municipal de Picos destaca que a medida é extremamente necessária para assegurar a sustentabilidade dos serviços públicos frente ao momento econômico de instabilidade que o país como um todo vive” – justificou o Palácio Coelho Rodrigues.

Repercussão

A rescisão contratual com os servidores temporários e excepcionais lotados na Secretaria de Educação repercutiu na Câmara Municipal de Picos. Em sessão realizada no mesmo dia em que o prefeito assinou o decreto, os vereadores aprovaram um requerimento conjunto pedindo que o gestor reconsiderasse a decisão.

Fontes do Palácio Coelho Rodrigues confirmaram que a decisão tomada pelo prefeito Padre Walmir no último dia 21 de maio continua valendo e que não houve recuo por parte do gestor.

Por outro lado, pessoas próximas aos servidores que tiveram os contratos rescindidos, acreditam que os mesmos serão recontratados logo após o retorno das aulas, previsto para o segundo semestre de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *