Picos tem 28 novos casos de infecções por HIV

Até os primeiros dias de dezembro, o Centro de Testagem e Aconselhamento de Picos registrou 28 novos casos de HIV. Este número é inferior à metade dos registros de 2019, quando em todo o ano foram 62 notificações de testes positivos para HIV. O centro recebe pacientes de toda macrorregião.

Dados

Dos 28 casos confirmados até o início do mês de dezembro, a maioria é de pessoas do sexo masculino. As gestantes são notificadas em um grupo à parte.

Masculino – 19

Feminino – 08

Gestante – 01

Isabel Fontes acredita que o número baixo de notificações, em relação à anos anteriores, está relacionado à pandemia, quando uma quantidade menor de pessoas tem procurado o centro para fazer os testes, que detectam também Sífilis e Hepatites virais.

“A procura diminuiu um pouco, porque a nossa demanda é espontânea. Ela só é encaminhada quando é das gestantes, quando elas realizam o pré-natal e ela faz esses exames no primeiro e terceiro trimestre, então essas são encaminhadas, mas o restante da população é demanda espontânea, ou seja, se a pessoa sentir vontade de fazer o teste, ela se dirige ao CTA”, explicou.

O resultado dos testes é dado em até três dias úteis. Caso haja alguma alteração na carga viral do paciente, ele é encaminhado para o tratamento que é feito pelo SUS.

Para realizar o teste, o paciente não precisa estar em jejum e não necessidade de um encaminhamento médico. Basta levar a carteirinha do SUS e um documento de identidade. O exame é gratuito e pode ser feito das 07 ao meio dia no centro, que fica localizado na Rua Cel. Francisco Santos, 82, Centro.

Os dados dos últimos dez anos:

Dados dos últimos dez anos

Por Grande Picos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *