Polícia divulga foto de suspeito de amarrar e matar homem dentro de casa em Teresina

O crime ocorreu em março de 2019 durante uma festa na casa da vítima, no bairro Renascença, Zona Sudeste de Teresina.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou a foto de Edilson dos Santos da Silva, o foragido da Justiça é um dos suspeitos de amarrar e assassinar João Luís Moreira de Oliveira. O crime ocorreu em março de 2019 durante uma festa na casa da vítima, no bairro Renascença, Zona Sudeste de Teresina.

João Luís Moreira morreu por asfixia e sofreu tortura, segundo a perícia. O corpo dele foi encontrado deitado de bruços em uma cama, com as mãos e pernas amarradas e um tecido cobrindo o rosto.

“Os suspeitos desferiram garrafadas na cabeça da vítima e o amarraram na cama de seu quarto. Devido aos ferimentos, a vítima teve um edema cerebral em virtude de uma hemorragia intracraniana, que o levou a óbito”, contou o delegado Jarbas Lima.

João Luís Moreira, de 49 anos, foi encontrado morto dentro de casa, na Zona Sudeste de Teresina — Foto: Simplício Júnior/ TV Clube

João Luís Moreira, de 49 anos, foi encontrado morto dentro de casa, na Zona Sudeste de Teresina — Foto: Simplício Júnior/ TV Clube

Um casal suspeito do crime foi preso em agosto do ano passado às margens da BR-316. Edilson dos Santos da Silva é apontado como o terceiro suspeito e tem um mandado de prisão preventiva em aberto.

“O Edilson encontra-se foragido. Ele conhecia a vítima, já tinha participado antes de outras festas na casa e chamou os outros autores do crime. Foi um latrocínio, os suspeitos mataram para roubar pertences da vítima, como três televisões, um videogame e o celular”, disse o delegado.

Quem tiver informações sobre o suspeito basta ligar para os números 181 ou (86) 3211-6682.

Por G1 PI

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *