Policial é baleado ao tentar impedir assalto em posto de combustível de Luís Correia

Um soldado da Polícia Militar do Piauí foi baleado, na manhã desta sexta-feira (22), ao tentar impedir um assalto e trocar tiros com os suspeitos em um posto de combustíveis localizado no povoado Camurupim, na zona rural do município de Luís Correia.

De acordo com informações repassadas ao Cidadeverde.com pelo tenente Mesquita Júnior, da Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur), o militar estava no estabelecimento quando presenciou a ação dos criminosos e resolveu agir.

“O policial, quando viu a situação, reagiu e baleou o indivíduo, que veio a óbito no local ainda. Ele estava com um revólver calibre 38 e todas as munições foram disparadas”, disse o policial ao Cidadeverde.com

O policial foi atendido no local por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e rapidamente encaminhado ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, onde foi submetido a cirurgia.

“Ele já saiu do centro cirúrgico e está sendo acompanhado, mas não vai ser dado alta ainda. Ele vai ficar em observação por um tempo, mas ainda não tem previsão de alta”, informou o tenente.

A suspeita da polícia é que os criminosos tinham um outro veículo, já identificado, dando suporte para o assalto. As diligências estão em busca dos demais suspeitos envolvidos na ocorrência.

Na quinta-feira (21) um sargento da Polícia Militar do Piauí, identificado como Cleto de Paula Cortez, morreu após ser alvejado com três disparos de arma de fogo, um na cabeça e dois no peito, durante tentativa de assalto no bairro São Cristóvão, zona Leste de Teresina. Apesar de ser socorrido ainda com vida.

A ocorrência foi atendida por uma equipe do 5° BPM. Testemunhas relataram que o militar teria sido baleado por um homem em uma moto, que ainda não foi identificado. A polícia mantém unidades em diligências para localizar e prender o suspeito.

Breno Moreno/Cidade Verde

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *