Prefeitura de Teresina vai ouvir a população sobre retomada das atividades

Consulta vai ser feita pela internet sobre a retomada das atividades econômicas

Por Apoliana Oliveira/180graus

Uma consulta pública será realizada pela prefeitura de Teresina, através da internet, para ouvir a população sobre a retomada das atividades econômicas que estão paralisadas em razão da pandemia do novo coronavírus. Nesta sexta-feira (29/05), o prefeito Firmino Filho apresentou os sete critérios estabelecidos para que essa reabertura seja iniciada.

Em videoconferência com jornalistas, o prefeito defende que poder público e a sociedade devem atuar e em conjunto.

“Devemos atuar conjuntamente, compartilhando responsabilidades e mitigando riscos associados à Covid-19. É muito importante que possamos trabalhar na construção de uma ordem e orientações de todo o processo. Cada atividade deve ter seus protocolos específicos e cada empresa precisa ter um Plano de Segurança para guiar a rotina e o dia a dia”, afirmou.

Ter um plano é importante para “não voltar ao caos”, pondera Firmino.

Dentro da prefeitura, esse processo para a retomada é debatido em um grupo de trabalho é estudado pelo professor Washington Bonfim, e os secretários Kleber Montezuma (Educação), Francisco Canindé (Finanças) e Raul Monteiro (Desenvolvimento Econômico). O grupo trabalha com a perspectiva de que no pós-pandemia haverá um “novo normal”.

“As pessoas projetam para o futuro aquilo que já vivenciaram, provavelmente o futuro que nos espera vai ter muita diferença. O normal dificilmente vai ser igual ao velho (…) Não podemos voltar ao caos. Temos que trabalhar a partir da construção de uma ordem, e essa ordem passa por aquilo que o poder público coloca através do seus decretos e protocolos”, avalia.

Firmino elenca ainda a preocupação constante com higiene pessoal, limpeza, higienização de ambientes, comunicação sobre riscos (para funcionários e clientes), e o constante monitoramento das condições de saúde. Além de uma base de informações seguras para a sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *