Preso é solto após apresentar alvará de soltura falsificado em presídio

O Presídio Padrão de Catolé do Rocha, localizado no Sertão da Paraíba, soltou um detento na última segunda-feira (31/05) com um falso alvará de soltura. As informações são do iG/ Último Segundo.

Ronaldo Porfírio, gerente da Gerência Executiva do Sistema Penitenciário (Gesipe) da Paraíba, relatou que foi encaminhado um e-mail para a unidade penitenciária com o documento anexado e a assinatura de uma juíza, junto a guia de recolhimento.

O servidor responsável não verificou alterações no e-mail e deu continuidade ao procedimento de soltura. Porém, no fim do dia, ao notificar o cumprimento do alvará para a Justiça, houve a comunicação de que o documento apresentado era falso – inclusive a assinatura da juíza.

“Trabalhando junto com a inteligência da Polícia Civil e do sistema prisional pra gente identificar, agora, de onde partiu essa falsificação. Se foi de dentro da unidade prisional, se teve participação de servidor, se teve também algum envolvimento de servidores do poder judiciário ou da comarca. Enfim, é uma situação muito complexa”, destaca Porfírio.

A Gesipe informou que, no momento, seus esforços estão dedicados em recapturar o detento solto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *