Programa Busca Ativa é ampliado para 141 cidades para identificar infectados de Covid-19 no Piauí

O monitoramento do programa é feito pelas equipes do Projeto Saúde da Família, formada por médicos, enfermeiros e técnico de enfermagem.

Por Catarina Costa, G1 PI — Teresina

O governador Wellington Dias (PT) anunciou nesta sexta-feira (12) a ampliação do Programa Busca Ativa de 15 para 141 municípios do Piauí. A intenção é identificar pessoas infectadas pelo novo coronavírus, realizar o tratamento precoce dos pacientes e evitar a propagação do vírus.

O monitoramento do programa é feito pelas equipes do Projeto Saúde da Família, formada por médicos, enfermeiros e técnico de enfermagem. Os profissionais vão nas casas das pessoas para identificar os pacientes com sintomas, que serão cadastrados no banco de dados da plataforma Monitora Covid-19.

“Os profissionais trabalham acompanhando as famílias, vão nas casas delas, fazem o exame clínico e teste rápido. A partir do resultado se faz a orientação para tratamento domiciliar, acompanhamento na unidade de saúde ou dependendo da gravidade para internação”, explicou Wellington Dias.

Além da ampliação do programa, o governador destacou que o Busca Ativa contará com a parceria com o setor privado. Desta forma garantindo melhores condições de identificar precocemente o paciente e o tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *