Queimadas: Bombeiros de Picos atendem média de 3 focos diários e alertam

O comandante da Companhia do Corpo de Bombeiros de Picos, tenente Hamilton Lemos, informou ao Cidadeverde.com uma preocupante estatística no mês de julho na região; um mês  antes de iniciar o período do b-r-o-bró, quando o Piauí registra altas temperaturas nos mês de setembro, outubro, novembro e dezembro.

Somente no mês de julho, a companhia chegou a atender cerca de 100 ocorrências envolvendo queimadas.  “Uma média de mais de 3 focos de incêndio diário, muitas pessoas ligam para o corpo de Bombeiros fazendo a denuncia, vamos até o local, combatemos, mas voltam a colocar fogo novamente. De Pimenteiras a Marcolândia, de Pio IX a Queimada Nova, todas as cidades compreendidas nesse perímetro é de nossa jurisdição”, alerta o tenente.

Lemos relata que é situação é de alerta porque mesmo com orientações e palestras, os moradores insistem em atear fogo nas matas, correndo o risco do fogo se alastrar e provocar grandes tragédias.

“Pedimos a população que acione o Ministério Público e (a Secretaria do) Meio Ambiente para que essas pessoas, que ateiam fogo em lixo e terrenos baldios, sejam responsabilizados; assim como os proprietários que não faz a conservação da sua propriedade”, comentou o tenente.

Equipes do Corpo de Bombeiros, na companhia de outros órgãos, estão ministrando palestras de conscientização sobre os riscos de incêndio, como deve ocorrer a prevenção e quais ações deverão ser realizadas caso ele ocorra.

No final da tarde de ontem (02), mais um incêndio foi combatido. O vídeo mostra o fogo em um terreno baldio. “Primeiro apagamos a área próxima a BR, e fomos nos deslocando no sentido do Centro, até chegar já próximo a igrejinha. De lá armamos,uma linha e adentramos no mato. Chegamos a usar 5 mangueiras”, comentou o bombeiro.

” Com todo um trabalho de conscientização, ainda nos deparamos com essa situação, a sociedade precisa lutar ao nosso lado. A luta contra incêndios é de todos, principalmente, os ocorridos por ação humana”, finalizou.

 

 

Fonte: Cidade verde

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *