Reportagem exibe vídeo da agressão do cantor Victor contra a mulher

O cantor foi condenado no final do ano passado por vias de fato, que é agressão sem deixar lesões aparentes

O programa Domingo Espetacular, da Record, veiculou na noite de domingo (12), imagens da agressão do cantor Victor Chaves contra a mulher, a empresária Poliana Bagatini, em fevereiro de 2017. Atualmente, os dois estão separados. O cantor foi condenado no final do ano passado por vias de fato, que é agressão sem deixar lesões aparentes. A pena foi de 18 dias de prisão simples em regime aberto, que pode ser convertida em trabalhos comunitários. As informações são do UOL.

 
O vídeo veiculado pela Record é do circuito interno de câmeras do prédio em Belo Horizonte onde o casal morava e, segundo o canal, faz parte do processo. A juíza do caso decretou o fim do segredo de Justiça, de acordo com a TV. A reportagem afirmou que, no dia do ocorrido, a mulher, que estava grávida de quatro meses do segundo filho do casal, discutiu com a sogra, que morava no andar abaixo deles.


Após a discussão, as imagens mostram Poliana indo ao elevador e tentando digitar o código de segurança para subir ao apartamento, onde estava a filha. Sua cunhada, Paula Chaves, também entra no elevador. Em seguida, Victor puxa as duas para fora do elevador. Poliana cai no chão, para fora, no hall. Victor, então, leva uma das pernas em direção a Poliana.

Em seu depoimento, ela disse não saber se foi um empurrão ou um chute naquele momento. O exame de corpo de delito deu negativo, por isso o cantor foi indiciado por vias de fato, e não por lesão corporal.

Victor disse que não tinha exata lembrança do momento do ocorrido, em seu depoimento, mas que não era sua intenção agredir e só queria que ninguém se aproximasse da filha naquela circunstância. Nem ele nem a ex-mulher quiseram comentar o caso com a Record.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *