Seca deixa cidade no Piauí sem água e saída é abertura de comportas de Algodões II

A seca tem deixado moradores da cidade de Curimatá, no interior do Piauí, sem água própria para consumo. A barragem Vereda Cruz, onde  normalmente é realizada na captação para abastecer a zona Urbana, o volume está baixíssimo. Diante da situação, o vice-prefeito da cidade- Mike Jacobina, solicitou a abertura de comportas da barragem Algodões II. Em agosto deste ano, o Governo do Piauí decretou situação de emergência no município devido à seca.

“No ano em que a barragem Vereda Cruz não sangra, que foi o caso de 2023, ela não suporta essa alta demanda. O local mais profundo lá está com menos 1 metro de altura e a água já está fétida e barrenta, ou seja, imprópria para consumo. A única saída é a abertura de comportas da barragem Algodões II para que a água desça pelo leito do riacho Curimatá e a Agespisa capte essa água de lá”, explica o vice-prefeito.

Foto enviada ao Cidadeverde.com

Mike Jacobina disse que solicitou a abertura de comportas da Algodões II en reunião com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semarh).

“A Câmara de Vereadores também solicitou essa abertura. Protocolei um ofício e prometeram que vão abrir as comportas já no início da próxima semana.Espero que a bomba consiga puxar água da Vereda Cruz até lá porque após a abertura das comportas de Algodões II ainda demora dez dias para a água chegar”, disse o vice-prefeito.


Fonte: Graciane Araújo/Cidade Verde


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais