Política

Sílvio Mendes lança chapa proporcional do União Brasil e avalia que PSDB “cansou”

O pré-candidato a Prefeitura de Teresina pelo União Brasil, Sílvio Mendes, avaliou a crise no PSDB ao lançar nesta terça-feira (9) a chapa proporcional e disse que a eleição deste ano é simbólica.

“O Império Romano caiu e houve alguns desencontros. O PSDB com mentes inteligentes, que fez muito pelo Brasil, mas um dia cansou, teve uma conjuntura, articulação. Não foi por falta de tentativas, Wall Ferraz, Firmino Filho, Chico Gerardo e eu tentamos”, disse Sílvio Mendes.

A chapa proporcional lançada hoje tem 32 nomes, a maioria de lideranças do PSDB, Solidariedade e PV.

Entre os nomes que se filiaram ao União Brasil está o vereador Paulo Lopes, que era do PSDB, o filho do deputado Jeová Alencar, Samuel Alencar, Geraldim, Miranda Neto, coronel Jaques Torres , Felipe Pedro e Dilson Rezende.

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

União Brasil e o Republicanos pretendem eleger cerca de três vereadores.

Sílvio Mendes disse que a máquina pública pesa em uma eleição, mas que o eleitor teresinense é consciente. Ele disse também que todas às vezes que disputou eleição venceu e o pleito deste ano tem um gosto especial.

“Nunca quis ganhar tanto uma eleição. O pleito deste ano é simbólico e vamos pra rua, gastar sola de sapato, temos nossa história, vamos lembrar a memória dos teresinenses. Não sou nenhuma aventura”.

Fonte: Yala Sena|Cidade Verde


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais