Sport empata com lanterna Vila Nova em noite de revolta com Lisca

O Sport emperrou na retranca do Vila Nova-GO e apenas empatou sem gols nesta segunda-feira à noite, na Ilha do Retiro, em Recife (PE), na abertura da 19.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Este inesperado tropeço do quinto colocado, com 27 pontos, diante do lanterna da competição, com 14 pontos e 13 jogos sem vencer, foi canalizado pela torcida em cima do técnico Lisca.

Acontece que antes do jogo foi divulgada a informação de que ele já teria tudo acertado para assumir o comando técnico do Santos.

A torcida não perdoou a suposta ingratidão de Lisca Doido. Ele foi vaiado desde o intervalo, com xingamentos pesados, além dos já costumeiros gritos de “mercenário, safado, sem vergonha”.

Uma situação inimaginável há nove dias, quando Lisca até subiu no alambrado para festejar com a torcida a vitória do Sport sobre o Londrina, por 2 a 0.

No final do jogo, constrangido, de cabeça baixa, ele evitou deixar o gramado. Ficou no meio de campo, próximo dos jogadores, cumprimentando a todos além do habitual. Esperou o momento em que a maioria dos jogadores deixou o campo para entrar no túnel debaixo da fúria da torcida.

O primeiro tempo foi todo do Sport, que literalmente amassou o Vila Nova-GO em seu campo defensivo. Inicialmente assustou com um chute de fora da área de Sabino, que o goleiro Tony espalmou com um tapinha na bola aos nove minutos.

Aos 19 minutos, Juba entrou sozinho na área pelo lado esquerdo e chutou em goleiro Tony, que aliviou com a perna para escanteio. A melhor chance, porém, aconteceu aos 34 minutos, Vanegas deu um corte seco num marcador e chutou no alto. A bola tocou no travessão e saiu de lado.

O zero a zero parcial deixou a torcida na bronca. Ela descontou em cima do técnico Lisca, chamado de mercenário e xingado por suposto acerto com o Santos.

Ele levantou os braços e tentou sinalizar que não entendia o motivo de tanta ira. Este clima tenso parece ter contagiado o time do Sport nos primeiros minutos, com certo nervosismo.

Aos 18 minutos, Paulinho cabeceou após rebote da defesa e o lateral Alex Silva salvou quase em cima da linha de gol. O Vila Nova seguia apenas se defendendo, sem mesmo tentar algum contra-ataque.

Mas o tempo foi passando e o Sport também diminuiu a sua intensidade, mesmo tendo quase 70% de posse de bola, não conseguia finalizar com perigo. O jogo foi até os 52 minutos, porém, o placar não foi movimentado.

Na 20.ª rodada, o Sport vai enfrentar o Sampaio Corrêa, em São Luis (MA), às 21h30 do dia 22 (sexta-feira). No sábado (23), o Vila Nova vai receber o Vasco, em Goiânia (GO).

Fonte: Estadão Conteúdo

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.