Suspeito de estupro é localizado no PI mais de 10 anos após o crime ao se cadastrar para auxílio emergencial

O mandado de prisão preventiva foi cumprido durante a Operação Impacto, que prendeu acusados de crimes como estupro, homicídio e latrocínio. Ao todo, 43 pessoas foram presas.

Por Vitória Pilar*, G1 PI

Um homem identificado como Francisco Antônio dos Santos Carvalho, de 31 anos, foi preso nessa quarta-feira (2) por crime de estupro ocorrido em 2009 contra uma menina de 12 anos, na zona rural de Cocal dos Alves, Norte do Piauí. Segundo a Polícia Civil, o mandado teria sido expedido em 2015, mas o suspeito fugiu para o Rio de Janeiro e não foi encontrado na época.

De acordo com o agente Walter Brune, da Polícia Civil de Cocal, o suspeito foi localizado ao se cadastrar para receber o auxílio emergencial do governo federal. O benefício foi criado para ajudar trabalhadores informais e autônomos durante o período de pandemia da Covid-19.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido durante a Operação Impacto, que prendeu acusados de crimes como estupro, homicídio e latrocínio. Ao todo, 43 pessoas foram presas.

“A vítima tinha 12 anos na época, na qual ele manteve relações sexuais com a menor sob promessas de casamento. Ele foi encontrado em casa, na zona rural do município O endereço foi localizado devido ao cadastro que ele fez para receber o benefício”, informou o agente.
Antônio dos Santos foi conduzido para a Central de Flagrantes de Parnaíba e será encaminhado para a Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, onde ficará à disposição da Justiça.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *