Tecnologia 5G chegará em Picos somente em 2029; em Teresina, setembro de 2022

A quinta geração de internet móvel, o 5G, está prevista para chegar em Teresina até 29 de setembro deste ano. Demais cidades do estado devem começar a receber o sinal da rede em 2027, com abrangência para todos os municípios até 2029 (confira detalhes abaixo). A nova tecnologia fornece uma conexão com velocidade ultrarrápida e estreou no país no dia 6 de julho, em Brasília.

A previsão segue o cronograma da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Inicialmente, o 5G chegaria às 26 capitais do Brasil e ao Distrito Federal até 31 de julho, mas dificuldades logísticas para importação de equipamentos fizeram a agência estender o prazo.

As próximas capitais a receberem a tecnologia, segundo a Anatel, serão São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e João Pessoa. No país, até então, estava disponível somente o 5G DSS, uma espécie de transição entre a quarta e a quinta geração de internet móvel. Países como Alemanha, China, Estados Unidos e Japão são adeptos da nova tecnologia.

Em municípios com mais de 100 mil habitantes, como Parnaíba, o 5G estará disponível até 31 de julho de 2027. E até 31 de julho de 2029, 100% dos municípios com 30 mil habitantes ou mais, como Picos, Piripiri, Floriano, Barras, Campo Maior, União, Altos e Esperantina, também terão a tecnologia.

O que é o 5G

A quinta geração de internet móvel oferece mais velocidade para baixar e enviar arquivos, reduz o tempo de resposta entre diferentes dispositivos e torna as conexões mais estáveis. Também promete a possibilidade de ligar muitos objetos à internet ao mesmo tempo, como celulares, carros, semáforos e relógios. Tudo isso já pode ser ligado ao 4G, mas é esperada uma melhoria na conexão.

A média da velocidade 4G no Brasil entre as quatro maiores operadoras é de 17,1 Mbps (megabits por segundo), de acordo com um relatório da consultoria OpenSignal de maio de 2021. Uma conexão com excelente performance chega a próximo 100 Mbps.

O 5G, por sua vez, pode chegar à velocidade entre 1 e 10 Gbps – uma diferença de 100 vezes ou mais em relação ao 4G.

Acesso ao 5G

Para ter acesso à internet 5G, é preciso ter um celular que disponibilize a tecnologia. Os aparelhos mais novos já vêm habilitados. A princípio, segundo as operadoras de telefonia, não será preciso atualizar o pacote de dados para acessar o 5G, basta que o celular tenha a função.

As empresas, porém, ainda não definiram se haverá reajustes nos preços de pacotes de dados, pois ainda vai levar meses até que a tecnologia esteja disponível. Essas definições deverão acontecer conforme a tecnologia chegue à cidade.

Atualmente, há 67 modelos de celular com a tecnologia 5G certificados e homologados pela Anatel.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.