Teresina: após laudo, DHPP confirma que caseiro foi morto com facada e descarta ataque de porco

O Delegado Barêtta, em entrevista ao Portal 180graus, divulgou novas informações sobre a morte do caseiro Antônio Marcos Vieira Gomes, ocorrida na última terça-feira (21), na Vila da Guia, zona sudeste de Teresina. Inicialmente, a morte foi atribuída a um suposto ataque de um porco barrão, porém, após um exame cadavérico realizado no Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina, revelou-se que a causa da morte foi uma lesão provocada por um golpe profundo de faca.

O médico legista identificou que a lesão fatal ocorreu na artéria femoral da coxa direita da vítima, não sendo relacionada à mordida do animal na coxa esquerda. Barêtta enfatizou que o exame detalhado indicou características específicas de uma facada, incluindo o trajeto, profundidade e ângulo de entrada da lâmina.

O delegado informou que, ao receber a notícia da morte, iniciou imediatamente uma investigação no sítio. Diante das novas informações do laudo do IML, o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) instaurou um inquérito policial para apurar o crime.

Questionado sobre a possibilidade de a perfuração de faca ter ocorrido após uma queda, Barêtta rejeitou essa hipótese, destacando que o levantamento preliminar indica claramente que se trata de um homicídio. O delegado ressaltou que, embora houvesse ferimentos na perna esquerda sugestivos de uma mordida animal, a causa da morte foi a facada na perna direita.

Fonte: 180graus


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais