“Torço para que a população colabore e não precise de lockdown”, diz governador

O governador Wellington Dias (PT) admitiu a possibilidade de adotar o lockdown em cidades do Piauí, caso aumente o número de casos da covid-19.

O boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) registra cinco novas mortes de pacientes infectados nas últimas 24 horas, tendo um total 35 óbitos e 1051 casos confirmados.

“Estamos trabalhando para não ter lockdown e nem colapso. É um momento delicado, que a vida humana está em primeiro lugar. Torço para que a população colabore e não precise disso (se referindo a lockdown)”, disse o governador.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), pela primeira vez, também admitiu ontem a possibilidade de fechamento total dos serviços, caso a taxa de isolamento social permaneça caindo. A taxa de isolamento já chegou a 39%, o pior da quarentena.

Lockdown, que significa confinamento ou fechamento total, não é descartada no estado. A medida, que era uma realidade apenas em países estrangeiros durante a pandemia do coronavírus, começa a valer em alguns municípios do Maranhão, Pará, Ceará e em três bairros da cidade do Rio de Janeiro.

O governo do estado está estudando a possibilidade de fechamento das divisas entre os estados do Maranhão e do Ceará.

O governador ressaltou que está preocupado com o setor empresarial, mas a prioridade é salvar vidas. Ele disse que abertura gradual do comércio só ocorrerá quando houver a redução de casos da covid-19 no estado e uma demanda de leitos suficientes para atender a população.

Flash Yala Sena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *