Vacinas contra covid são experimentais e ultrapassadas, afirma médica

De acordo com a especialista, os imunizantes ‘talvez consigam impedir formas graves da doença’

As vacinas em uso para conter a covid-19 não impedem a contaminação e a transmissão da doença, afirmou a médica Gracian Li Pereira — que tem mestrado em epidemiologia. De acordo com a especialista, os imunizantes disponíveis “talvez consigam impedir formas graves da doença”. Seu depoimento ocorreu na quarta-feira 20, durante uma audiência pública promovida pela Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Gracian argumentou que, segundo um estudo feito com a população de Israel, a eficácia da vacina da Pfizer, “que era entre 80% e 90%”, caiu para 40% em razão das novas cepas da do coronavírus Sars-CoV-2. Na opinião da médica, ninguém tem o direito de obrigar outra pessoa a se vacinar “por meio da coerção estatal”.

Por Revista Oeste

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *