Vídeo: presidente de câmara no PI recusa assinar decreto de calamidade e prefeito desabafa

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o prefeito Valdeci Júnior, da cidade de Curimatá, Sul do Piauí, denuncia que o presidente da câmara de vereadores, Zemar, recusou o decreto de calamidade enviado para o legislativo.

O prefeito disse que o decreto é importante para ações que envolvem os impactos do coronavírus, como aquisição de testes e compra de cestas básicas para a população.

“Para nossa infeliz surpresa, o presidente mandou uma resposta, dizendo que não iria apreciar esse decreto de calamidade. Isso significa que os testes rápidos, no total de 1.000 testes, que estávamos querendo adquirir em benefício da população de Curimatá, a  entrega de cestas básicas às pessoas carentes e a entrega de cestas básica a alunos da rede municipal de ensino, no total de 1.500 cestas estão prejudicados por conta de um ato unilateral do presidente da câmara o senhor Josemar Araújo de Oliveira… Por uma questão política, ele está levando esse lado, prejudicando a população curimataense”, disse.

Assista ao vídeo:

Fonte: 180graus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *