Veja como foi a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Patos do Piauí

A Câmara Municipal de Patos do Piauí realizou no sábado (18.set) mais uma Sessão Ordinária, que foi presidida pela vereadora Luzitânia Dias a “Taninha” (PSD), e contou também com a presença dos vereadores, Wilson Vieira (PSD), Cornélio Edmundo (PSD), Sarrika (PSD), Marlon Costa (PSD), Helim (Progressistas) e Zuleide Costa (Progressistas).

O primeiro a usar a tribuna foi o vereador Wilson Vieira (PSD), líder do prefeito nas Casa, que iniciou falando de prioridades no município: “A passagem molhada do do Saco da Ema. Abriu uma grande cratera, que só passa carro grande e nós estivemos lá, juntamente com o prefeito e o vereador Cornélio. Hoje à tarde o engenheiro vem para fazer o orçamento e iniciar o mais rápido possível, já na segunda-feira. Porque vai ter que ser arrancada uma parte do piso da passagem e tem que ser interditada”, informou.

Wilson falou de conquistas para o município: “Dia oito o município de Patos mudou a categoria do Selo Ambiental, agora é o selo B. Certificação essa que garante ao município mais recursos, pelo fato de estar tendo uma atenção especial com o meio ambiente. E neste mesmo dia também o município recebeu um caminhão compactador de lixo, e também estamos agurdando outro veículo. Os dois chegarão ao mesmo temo no município”, e deu sequência aos benefícios em curso da gestão “a partir de segunda vai ter inicío o cadastramento do Garantia Safra pela Secretaria de Agricultura. O calendário  já foi divulgado no Instagram. Segunda, dia 20, Algodão e Fortaleza pela manhã, à tarde Angical e Lagoa das Pedras, dia 21  na Fortaleza, na UBS, no Angical e Lagoa das Pedras nas escolas. Na terça, Morro da Onça na UBS, Aroeiras na escola pela manhã, à tarde em Bom Jardim, na escola. Na quarta, Morrinhos e Canela nas escolas pela manhã e à tarde; Capim na igreja e Saco da Serra na UBS. Na quinta, Boqueirão, na igreja,  Saco, na na escola, Morro Velho à tarde na escola e Assentamento na casa de farinha. Na sexta, Poço do Boi, na escola e no Umbuzeiro na UBS, à tarde no Morcego. Na última terça-feira foi realizada a conferência final do nosso Plano Municipal de Saneamento Básico. Os Vereadores Helim e Marlon também participaram, e eu participei como representante do Legislativo. Foi um evento muito bom,  elogiado pelo pessoal da da FUNASA em Brasília e Teresina, por meio da Secretarias das Cidades.”

Ao concluir seu pronunciamento, Wilson relatou: “Estivemos, eu e o prefeito Joaquim Neto com o vereador Cornélio na localidade Poço do Boi, onde foi recuperada a lavanderia. A  lavanderia estava muito deteriorada, não tinha encanação. Com essa reforma, muitas famílias serão beneficiadas”.

Breve em seu pronunciamento o vereador Sarrika (PSD) relatou:”A Covid-19 está muito avançada no nosso município. Precisamos de mais controle e medidas para conter este avanço. Mas, com fé em Deus, ela será controlada”, e concluiu “quero parabenizar meu filho que está completando 17 anos, Marcelo Henrique. Que Deus possa iluminar todos os seus caminhos”.

O vereador Cornélio Edmundo (PSD) iniciou falando sobre a reforma da lavanderia do Poço do Boi: “Primeiro averiguamos a situação para saber o que precisava, para depois iniciar a reforma. Foi feito a encanação e o resto está sendo concluído”.

Sobre a passagem molhada do Saco da Ema  a situação feia. É uma passagem que vem dando trabalho aos prefeitos que já passaram pela prefeitura. Com certeza o atual prefeito vai recuperar. O grande problema é porque as comportas da barragem não pode ser fechadas por muito tempo, o que dificulta a obra. Ainda bem que o  o rio não deu mais aquelas enchentes”, e partiu para outro assunto “ Quero falar cobre a Covid. A situação não tá boa, principalmente na minha região que é uma região que estava mais tranquila. Tem região que  já tem uns dois casos confirmados. Uma região que tem bastante casos suspeitos é a região da Vereda. Espero que aqueles que estão contaminados fiquem logo recuperados, e as demais pessoas que procurem ficar em casa”, concluiu.

A vereadora Zuleide de Chico de João Grande (Progressistas) iniciou falando sobre a pandemia:”Vomo que foi exposto aqui pelos colegas, realmente nosso município está voltando a uma a um nível preocupante em relação aos números da Covid, apesar da bastante metade da população já ter sido vacinada com a primeira dose. Infelizmente estamos vindo vendo os casos aumentarem gradativamente. É o relaxamento. Acredito que para tentar barrar tem que hacer uma fiscalização severa, porque sabemos de que não adianta só falar e colocar decreto. Isso a população não obedece, mas se haver fiscalização, não adianta”, disse.

A vereadora continuou: “Com relação poço lá do Capim, foi consertado, acho que ontem. Eu nunca vi um poço dá tanto trabalho para consertar como aquele. Achava que era problema na energia, mas os meninos foram medir a energia e tava normal. Ontem o poço ficou funcionando. Espero que continue assim. Com relação ao roço eu já até desisti de cobrar. Wilson falou aqui, mas eu acho que não justifica. Porque foi dito que ia fazer, depois disseram que o rapaz tava com covid, outro dia disseram que estava num processo licitatório, e diante de tudo isso eu quero dizer que não vai ser feito. Vamos aguardar para o ano que vem.

“Wilson falou sobre a energia que não tinha sido colocada por causa dos jogos para não aglomerar. Queria saber se isso já foi visto, qual é esse problema? Porque foi liberado eventos com algumas pessoas e não foi colocada a energia, lá. Eu acho que quanto mais demorar, mais difícil vai ficar. Sabemos que quando envolve a Equatorial, não depende da gente, não depende da prefeitura, mas cabe ao gestor cobrar.

Quero falar aqui do período que  passei à frente da presidência da câmara que foi no ano de 2019. Pude fazer algumas melhorias importantes, e dizer que minhas contas foram julgadas e aprovadas. Graças a Deus! Para mim é muito gratificante ter conseguido essa vitória, pois muito falavam quando eu vim para minha reeleição, que eu seria cassada. Recebi denúncias, ouvi muito que ‘ganhou, se reelegeu, mas não vai ficar muito tempo, será cassada’. Quase um ano e aqui estou eu. Gostaria de dizer também que eu só deixo de ser candidata por duas pessoas: Eu e Deus. Mais ninguém. Estou feliz, muito agradecida por ter chegado até aqui, por ter conseguido essa vitória agradecer também a minha equipe, as pessoas que estavam aqui comigo trabalhando na época. Foram pessoas que me ajudaram bastante e os colegas também, os colegas vereadores. Aprendi bastante coisa e continuo aprendendo até hoje. Essas minhas palavras de gratidão.”

O vereador José Hélio o “Helim” (Progressitas) iniciou falando sobre a passagem molhada: “Eu estive lá no dia seguinte do problema e tirei até algumas fotos. Não postei nada e a situação realmente ali é  crítica porque que para passar no meu carro, eu tive que ir bem devagar para não cair dentro do burraco. Por mais que se faça um reparo  momentaneamente, a gente sabe a dificuldade de fechar as comportas, porque a barragem foi feita para o rio ser perenizado.  Isso é fato, todos nós sabemos. Quando fecha aqui, os ribeirinhos que moram na parte de Itainópolis, começam a reclamar. Parte de engenharia para que se fizesse um serviço bem feito, mas sabemos que o valor é alto, e este setor da prefeitura não tem estes recursos. Agora,  tem que ser feita alguma coisa e quanto antes.”

Sobre o Poço do Boi, outra região também que sou bem votado,  na sessão anterior o colega falou e eu não quis falar nada, porque algumas pessoas já tinham me colocado a par situação. A lavanderia, foi só problema de vândalos que quebraram. Não era daquele jeito, e tinha uma pessoa que tomava de conta”, e discorreu “o colega vereador falou na sessão anterior sobre o poço da região da Malhada Grande. Apesar de ser uma água muito salobra, é uma água que serve para os animais. As pessoas vieram me cobrar esta semana e eu disse, mas o vereador Cornélio falou, vamos deixar ver o que vai acontecer. O vereador Wilson aqui, é o líder da situação, mas nem o vereador Cornélio, nem o vereador Wilson falou sobre este poço. Então, peço a vocês  que também são votados na região, que vamos fazer o esforço para que se arrume aquele poço, porque realmente faz muita falta”.

Helim também falou sobre a pandemia: “Parece-me que já são 17 casos ativos e lá na região do Poço do Boi, tem uma família que tá toda infectada, e ontem uma pessoa me ligou querendo trazer o pai para fazer um teste. Veio aqui, era uma coisa que eu queria saber vereador Wilson, que não está tendo teste. Ele teve que pagar um teste dele e da esposa.  Ia trazer o pai hoje,  e não trouxe. Tá com medo de trazer, porque até na farmácia, só tinham dois. Os testes não podem faltar. Sabemos das dificuldades do município, mas não era para deixar faltar.”

Então, o eu quero pedir aqui ao vereador Wilson que fale com o gestor, aperte o cinto, porque o negócio não é brincadeira e a gente tá vendo aí o que está acontecendo com os amigo da gente. A gente perdendo aqui e acolá,  amigos. Tem que cobrar, tem que ir atrás, se for caso de polícia, manda polícia. O cabra não quer atender, manda a polícia, nestes casos é a polícia. O gestor não vai lá prender ninguém, nem eu nem você vamos. quem tem que ir. O cara tá teimando meu amigo, chama autoridade maior para ele resolver o problema.

Ao falar sobre outro tema, Helim felicitou: “Quero parabenizar a vereadora Suleide pela sua gestão como presidente desta casa, e dizer que político, principalmente quem passa nessa Casa Legislativa, muitas vezes é pior que o gestor principal,  é o calcanhar de Aquiles. Sabemos que hoje em dia todas as contas que passam pelo TCE,  só são aprovadas com ressalvas, tem que ter alguma coisa, você paga multa.

A presidente da Câmara de Municipal, vereadora Luzitânia Dias a “Taninha” (PSD) iniciou se solidarizando: “Quero deixar meus votos de pesar à família da servidora Tantina, que a mãe veio a óbito. Infelizmente já era esperado, por conta do estado que ela se encontrava, muito grave. Mais um óbito, o oitavo. Vejo hoje a situação do corona aqui, na nossa cidade, até tive comentando com Iranildo, uma falta de compreensão da população. Muitos estão achando que por terem sido vacinados, podem andar sem máscaras, podem estar aglomerado. É por isso que os números estão aí, vindo muitos deles, do interior do nosso município. Falei na na última sessão a respeito de velórios e o resultado veio. Veio o caso do Roseiro, veio o caso da Vereda que são os próximos. E a situação de decreto. O Prefeito desde o início , está rígido, duro, muita gente com raiva. Questão do decreto por não ter festa, mas o que é que eu acho? Hoje tive até falando para Iranildo. Eu acho que decreto agora tem que partir do Ministério Público, como venho acompanhando em muitas cidades.  Infelizmente, prefeito  e  polícia não estão dando jeito na na questão de aglomeração. Quem tem que partir neste caso é o Ministério Público, porque as pessoas atendem, se intimidam mais quando  parte da justiça. Eu vi ontem num portal de Jaicós, de que vai abrir agora no festejo, festa em  bar, Ed Forró Sacana e Orlando Estourado, até coloquei assim: valha, meu Deus! Por quê?! Em Jaicós tem o Ministério Público”. E discorreu “o Prefeito muitas vezes baixa decretos e tudo, mas Jaicós nunca faltou evento, porque eu vejo de vez em quando, tem na AABB, em em outros locais. É uma coisa difícil, como Aluisinho tava me dizendo: ‘isso aí é difícil de proibir, porque lá em Araripina também tem esses eventos.’ As pessoas tão achando que nós, prefeitura, vereador, estamos mais rígidos, e aí tá faltando a conscientização, é que são das próprias pessoas. Eu vejo aqui, gente que tá com corona e sai andando sem máscara.”

Taninha indagou: “Então, o que é que nós vamos fazer? Eu mesma, como agente de saúde, não vou na casa dessa pessoa não. Eu não vou porque eu não quero me contaminar. Eu sou asmática, eu passo bem distante de quem tem corona. O que eu faço é ligar, até porque nós temos que monitorar é por telefone, e aí a consciência tá de cada um, quem não quiser ver piorar, faça sua parte. Não sabemos se já é essa Variante Delta que chegou por  aqui. Porque diz que ela se confunde muito com gripe e me disseram que tem muita gente gripada  para o lado da Vereda. Gripe é nada. É corona.”

A vereadora voltou-se para o colega da Casa: “Vereador Helinho, os testes rápidos nunca faltaram. Eu  sei que foi segundo o que lhe disseram. Mas, teste rápido nunca faltou. O swab não tem a mínima condição da Prefeitura manter. Por que agora que tá todo mundo com sintoma, se ele for dar conta de swab no município, o dinheiro da saúde vai só para o swab,  até porque até o momento o que entrou de recurso para o corona em Patos foram cinquenta e poucos mil, e isso destinados a muita coisa, um pedacinho para uma coisa, um pedacinho para outra, inclusive foi bastante para gasolina, porque todo mundo sabe que a vacina tá percorrendo o município inteiro, e o gasto com combustível é muito grande. Sem contar que que o ano passado foi quase um R$ 1 milhão que entrou para combater o corona e nunca houve a compra de um teste swab.  Se o ex-gestor Agenilson, tivesse deixado bastante teste, até o swab mesmo, a gente teria hoje bastante teste”,e explicou “o teste rápido agora é complicado para testar as pessoas que já foram vacinadas, porque ele vai dar, se não me engano, é GG positivo,  devido ter tomado a vacina. Aíí fica complicado detectar se a pessoa está ou não com o corona. O swab é o mais eficaz, porém com custo elevado. Joaquim Neto  tem comprado algumas caixas, mas não dá conta porque é muito caro. Se o governo federal tivesse repassando bastante recursos, como passou o ano passado, pode ter certeza que tinha teste swab aí pra quem chegasse com sintoma.”

Ao concluir, Taninha felicitou a  gestão: “Quero parabenizar o prefeito Joaquim Neto e toda a gestão, pelo caminhão compactador, que graças a Deus já está em Picos sendo adesivado. Uma grande conquita e  melhoria para a nossa cidade. E não poderia deixar de pedir  a população, sei que muitos estão nas redes sociais, nos assistindo, que por favor se conscientizem, evite aglomeração, usem a máscara, porque é de suma importância. Dificilmente quem anda com máscara vai contrair o vírus. Os donos de comércio, donos de bares, disponibilizem álcool em gel para os clientes e atendam atendam seus clientes também com máscara.”

Mais imagens da sessão:

 

Por Portal Saiba Mais

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.