Brasil usará uniforme preto no jogo contra a Guiné, sábado

O gesto marcará protesto contra o racismo. No segundo tempo o uniforme será amarelo

Em mais um sinal de protesto contra o racismo, a seleção brasileira de futebol masculina entrará em campo sábado (17) em amistoso contra a Guiné usando uniforme preto. O jogo será em Barcelona, na Espanha.

Esse será um fato inédito nos mais de 100 anos da seleção brasileira.

Segundo a Agência Brasil, a decisão da CBF, de firmar posição na luta antirracismo no amistoso na Espanha, foi tomada três dias após o atacante Vinicius Júnior, do Real Madrid, ter sofrido discriminação racial no campeonato nacional da LaLiga. No último dia 21, o brasileiro foi alvo de insultos racistas – na derrota por 2 a 1 para o Valência – pela 10ª vez seguida na competição.

A seleção atuará todo o primeiro tempo com a camisa preta na partida contra a Guiné, no sábado (17), com início às 21h30 (horário de Brasília), no RCDE Stadium, na capital da Catalunha. Após o intervalo, a equipe comandada interinamente por Ramon Menezes atuará com a camisa amarela, que também fará alusão à luta contra o racismo.

O primeiro jogo da equipe brasileira ocorreu em 1914, com o uniforme branco (camisas e calções). Passados 71 anos, o Brasil adotou pela primeira vez a clássica amarelinha com calções azuis.

Fonte: Agência Brasil

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais