Cidadãos têm seis meses para tirar ou regularizar o título de eleitor

Ainda falta quase um ano para as Eleições 2022, mas o prazo mais importante para as eleitoras e eleitores está bem mais perto: o cadastro eleitoral será fechado no dia 4 de maio, portanto, cidadãs e cidadãos têm mais seis meses para solicitar a emissão da primeira via, transferência, atualização ou regularização do título de eleitor e estar com o documento pronto para exercer o direito de voto.

O atendimento pode ser solicitado pelo sistema Título Net, no site do TRE (www.tre-pi.jus.br). Será necessário anexar os seguintes documentos:

– frente e verso do documento oficial de identificação;

– CPF (caso possua);

– comprovante de residência (para solicitação de transferência, o documento deve comprovar que o interessado reside no endereço há, pelo menos, três meses);

– fotografia do próprio rosto, em estilo selfie, ao lado do documento oficial de identificação;

– para homens que solicitarem o primeiro título, também é necessária imagem do certificado de quitação do serviço militar.

Quem já tem o título de eleitor deve consultar, antes de solicitar atendimento, se tem algum débito com a Justiça Eleitoral. Havendo pendências, basta fazer o pagamento da multa por boleto, PIX ou cartão de crédito.

Após o envio da solicitação, o eleitor pode acompanhar o processamento do seu pedido pelo sistema de acompanhamento do Título Net. Quando ele for concluído, não será enviada via impressa do título para a casa da eleitora ou eleitor. Os dados da inscrição, incluindo o local de votação, poderão ser consultados no site do TRE ou no aplicativo e-Título, que pode ser instalado gratuitamente no celular.

As pessoas que não têm nenhum acesso à internet consigo, através de um celular, ou em casa, ou por meio de algum parente; e ainda aquelas que tiverem extrema dificuldades para usar o Título Net, podem, em caso excepcional, agendar atendimento em um cartório eleitoral. Esse agendamento deve ser feito no site do TRE-PI (www.tre-pi.jus.br > Pré-atendimento – Título Net – Clique Aqui; ou pelos telefones dos cartórios das Zonas Eleitorais. No caso das cidades maiores, com mais de uma Zona Eleitoral, o eleitor ou eleitora deverá verificar aquela responsável pela jurisdição de seu bairro de residência.

O TRE reitera que, devido à pandemia de covid-19, o atendimento presencial ainda está bastante restrito. Por isso, cidadãs e cidadãos devem dar preferência ao atendimento virtual e evitar ir aos cartórios.

É importante lembrar que a coleta biométrica está suspensa, conforme estabelecido na Resolução TSE nº 23.615/2020.

Por Meio Norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *