Com reconhecimento de foto 3×4 deixada no local do crime, polícia prende suspeito de matar dois homens e cachorro no Piauí

O preso é suspeito também um homicídio cometido em Teresina, em 2022, e de um homem e seu cachorro, em Palmeirais, em 2021. Os dois crimes foram cometidos com golpes de faca e facão.

A Polícia Civil do Piauí usou reconhecimento facial de uma foto 3 x 4 deixada no local do crime para prender um homem identificado pelas iniciais G.S. da S., de 53 anos. Ele é suspeito de cometer dois homicídios em duas cidades do Piauí.

Um dos casos foi registrado em Palmeirais, em 2021. Francisco Pereira da Silva, 50 anos, foi morto com golpes de facão tentando vingar a morte de seu cachorro.

O segundo caso, conforme o delegado Yan Brayner, diretor de inteligência da PC-PI, foi do estivador Marlos Gabriel dos Santos Lima, assassinado a facadas durante na madrugada de 16 de março de 2022 em frente à Central de Abastecimento do Piauí (Ceasa), na Zona Sul de Teresina.

“Através de uma foto 3×4 que o indivíduo deixou no local do crime na Ceasa, com o uso de tecnologia de reconhecimento facial, a polícia conseguiu chagar à identidade do acusado”, explicou o delegado Yan.
O suspeito foi preso na zona rural de Angical do Piauí na quarta-feira (16), com o apoio da Superintendência de Operações Integradas (SOI).

No momento da abordagem, o acusado estava portando uma arma de fogo de fabricação caseira. Ele está preso na delegacia de Água Branca, à disposição da Justiça.


Fonte: Lívia Ferreira, g1 PI


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais