Coronavírus evolui de forma mais controlada no Brasil, diz estudo

Políticas de contenção adotadas no início da epidemia por aqui contribuiu para avanço da doença de maneira mais gradual no país

Do R7

O novo coronavírus está evoluindo de forma mais controlada no Brasil do que em outros países afetados pela pandemia, como China, Itália, Espanha e Estados Unidos. A conclusão está em uma nota técnica de um grupo o é de especialistas da PUC-RJ e da Fiocruz, divulgado nesta quarta-feira (1º) pelo jornal O Estado de S.Paulo.

O documento é do NOIS (Núcleo de Operações e Inteligência em Saúde), que monitora e faz projeções sobre o desenvolvimento dos casos de covid-19 no Brasil em relação ao resto do mundo.

O crescimento mais lento no número de casos estaria ligado ao fato do país ter se preparado com as medidas de contenção ainda no início da epidemia por aqui.

A nota, assinada por 14 especialistas, ressalta, no entanto, que o Brasil tem duas dificuldades na identificação dos casos confirmados de infecção.

A primeira se deve à falta de testes suficientes para se fazer uma ampla sondagem do número de pessoas com a covid-19. A segunda seria a demora na obtenção dos resultados e notificações. A região mais impactada por esses dois fatores seria o estado de São Paulo.

Nesta quarta, o governo federal começou a distribuir os 500 mil kits de testes rápidos importados da China para ampliar a detectação de casos positivos da doença. A remessa é o primeiro lote de uma doação de 5 milhões de unidades.

Segundo dados divulgados no fim da tarde pelo Ministério da Saúde, o Brasil tem 6.836 casos confirmados de coronavírus e 241 mortes provocadas pela doença.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *