CTA de Picos registra 12 casos de HIV somente em 2021

O Centro de Testagem e Aconselhamento de Picos (CTA) já registrou nesse ano de 2021, 12 casos de HIV e 52 de Sífilis. Os números preocupam, pois enquanto todos estão voltados para o coronavírus, podem-se descuidar quanto a outras enfermidades graves. O coordenador administrativo do CTA, Fábio Bernardo, explicou que a maioria dos casos de HIV corresponde a pacientes do sexo masculino, enquanto 29 homens e 23 mulheres testaram positivo para a Sífilis.

Dentre essas 23 mulheres com Sífilis, 11 são gestantes, o que motiva o CTA a adotar uma série de medidas com a sua equipe multidisciplinar para que os bebês nasçam saudáveis. “Temos o cuidado de fazer o acompanhamento para que não passe para o bebê”, declarou Fábio Bernardo.

A AIDS ainda não possui cura, mas tem tratamento que prolonga a vida do paciente por décadas, enquanto a sífilis tem cura.

O coordenador informou que no total foram realizados pelo CTA, 5023 exames de HIV, Sífilis e das hepatites B e C até o momento. Um total de 2087 pessoas receberam atendimento médico, aconselhamento, acompanhamento e tiveram suas dúvidas sanadas quanto a vacinação.

Fábio Bernardes. Foto: ascom

Vacinação

A partir desta terça-feira (25), os pacientes ativos do CTA serão vacinados contra o coronavírus pela Secretaria Municipal de Saúde. Hoje especificamente serão vacinados os pacientes de 30 a 59 anos, enquanto no dia 1° de junho devem ser vacinadas as pessoas entre 18 e 29 anos.

Os pacientes de outros estados que fazem o acompanhamento no CTA de Picos receberam uma “guia” para serem imunizados nos estados de origem. “Eles não ficarão desamparados”, declarou Fábio Bernardo.

 

Por | Boletim do Sertão

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *