Em duelo quente, Bahia vence o Náutico fora de casa e lidera a Série B

Com uma expulsão de cada lado e um duelo bastante pegado, o Bahia visitou o Náutico e venceu por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, no Estádio dos Aflitos, em Recife, pela segunda rodada da Série B do Brasileiro. Douglas Borel (Bahia) e Djavan (Náutico) receberam cartão vermelho.

Foi a segunda vitória em dois jogos do time baiano, que lidera de forma isolada, com seis pontos ganhos. Enquanto o Náutico conheceu a segunda derrota consecutiva e amarga a lanterna da Segunda Divisão.

O primeiro tempo teve dois momentos distintos. O Bahia iniciou a partida com ligeira superioridade e abriu o placar aos 12 minutos, quando Douglas Borel recebeu passe na entrada da área, passou pela marcação e encheu o pé, sem chances de defesa para o goleiro Lucas Perri.

O problema é que Douglas Borel, que já havia recebido cartão amarelo aos dois minutos de jogo, se exaltou na comemoração, tirou a camisa, foi advertido com novo amarelo e acabou sendo expulso de campo, fazendo com que o Bahia jogasse com um a menos no restante do confronto.

Com um a menos, o Bahia recuou e o Náutico passou a ter mais posse de bola. Apesar disso, os pernambucanos tiveram dificuldades de passar pela marcação e apostaram nas jogadas aéreas para tentar o empate, todas sem sucesso. Tanto é que o goleiro do Bahia, Danilo Fernando, fez uma única defesa.

No segundo tempo, o Náutico seguiu rondando a área do Bahia, mas desta vez apostou em cruzamentos mais rasteiros, já que pelo alto os zagueiros adversários estavam melhoras. Ainda assim os baianos seguiram levando vantagem, deixando o torcedor impaciente nas arquibancadas.

Os minutos passaram e a partida ficou bastante faltosa dos dois lados. Numa delas, aos 25 minutos, Djavan, do Náutico, entrou com força desproporcional em dividida com Emerson Santos e recebeu o cartão vermelho direto, deixando os pernambucanos também com dez homens em campo.

Com dez de cada lado, o Náutico seguiu melhor e quase chegou ao empate aos 34 e 47 minutos, em cobranças de falta de Jean Carlos em que Danilo Fernandes fez lindas defesas e garantiu a vitória para o time baiano.

O Náutico volta a campo no domingo, dia 24 de abril, para enfrentar o Operário, às 16 horas, novamente no estádio dos Aflitos, em Recife. Já o Bahia jogará na sexta-feira diante do CSA, às 19 horas, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *