Em Picos, lixão do Valparaíso pega fogo e fumaça atinge centenas de moradores

O fogo começou na madrugada deste domingo, 29, e fumaça se espalhou por uma grande extensão

Por José Maria Baros

A comunidade do Valparaiso enfrenta mais um problema causado pelo lixão instalado pela Prefeitura de Picos no local. Na madrugada deste domingo, 29, o lixo acumulado pegou fogo mais uma vez e a fumaça se espalhou por uma grande extensão, chegando até a Baixa dos Moura, prejudicando centenas de moradores.
    
A informação foi confirmada pela presidente da Associação de Moradores do Valparaiso, professora Rosilene Moura. Ela disse que as chamas começaram na madrugada deste domingo e até o meio dia de hoje ainda tinha muita fumaça.

Fogo começou na madrugada deste domingo/Foto: Associação de Moradores do Valparaíso.

Rosilene Moura informou ainda que a Prefeitura de Picos enviou tratores para jogar areia em cima e tentar controlar o fogo, que estava bastante alto. 

Essa não é a primeira vez que a comunidade sofre com incêndios no Lixão do Valparaiso, que é tratado pela administração do prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), como aterro sanitário.

Fogo atinge lixão do Valparaíso/Foto: Associação de Moradores do Valparaíso.

No último dia 13 de junho, a Prefeitura de Picos celebrou um contrato no valor de R$ 619.753,61 para gerenciamento do aterro sanitário do município [Lixão do Valparaíso]. A empresa contratada foi Vagner Leal Ibiapino-ME (Concretize Construtora).
    
A vigência do contrato, celebrado pela Prefeitura de Picos, através da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, vai desde a assinatura no dia 13 de junho, até 31 de dezembro de 2019, o que dá um valor mensal de R$ 85.536,23. 

 

 

Cópia do extrato de contrato/Foto: José Maria Barros.

 

Fonte: Informa Picos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *