Floriano prorroga proibição de venda de bebida alcoólica por 7 dias e mantém ‘lockdown parcial’

Os locais que comercializam exclusivamente bebidas alcoólicas deverão permanecer fechados.

Por Catarina Costa, G1 PI

O prefeito de Floriano, Joel Rodrigues, assinou nesta segunda-feira (31) um novo decreto prorrogando a proibição da venda de bebida alcoólica por sete dias. Também foi mantido o ‘lockdown parcial’, medidas rígidas de funcionamento das atividades nos finais de semana, em prevenção ao novo coronavírus.

A comercialização de bebidas fica suspensa a partir desta terça-feira (1º) até dia 7 de setembro, inclusive vendas via aplicativos de internet ou contato telefônico, para entrega no sistema delivery de qualquer natureza, em todos os estabelecimentos comerciais.

Já as restrições do fim de semana devem ser adotadas nos dias 5 (sábado) e 6 (domingo). Nesse período poderão funcionar somente:

  • Farmácias;
  • Pontos de alimentação localizados às margens das rodovias;
  • Serviços de saúde;
  • Imprensa;
  • Autoatendimento bancário;
  • Postos de combustíveis localizados às margens de rodovias, com exceção de suas respectivas lojas de conveniências;
  • Serviço de delivery exclusivo para alimentos.

Nos locais que comercializam produtos diversos, todas as seções e departamentos de bebidas alcoólicas deverão ser lacrados, sendo proibida, inclusive, a comercialização. Os locais que comercializam exclusivamente bebidas alcoólicas deverão permanecer fechados.

O descumprimento do decreto prevê multas que variam de 1.000 a 10 mil Unidade Fiscal do Município de Floriano (UFMF), que corresponde a valores de 2020 a R$ 3,53 a unidade, ou seja, as multas vão de R$ 3.530 a R$ 35.300.

Em caso de reincidência, além da multa, o infrator poderá ter a decretação da interdição total do estabelecimento, além da cassação do alvará de funcionamento.

De acordo com o secretário de governo, Bento Viana, as medidas rígidas foram prorrogadas após análise da equipe técnica de que elas foram eficazes nesse período em que o município encontra-se em alto risco de contágio da Covid-19.

“No primeiro lockdown, o município registrou 137 casos. Já o último fim de semana com restrições foram 50 casos. Essas medidas estão sendo eficazes, proibindo as reuniões particulares e eventos que vinham acontecendo”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *