Grávida de 7 meses morre após tomar ‘kit aborto’ comprado pela internet

Uma jovem identificada como Ana Carolina Pereira Pinto, de 20 anos, morreu após usar uma medicação para abortar aos 7 meses de gravidez. O caso aconteceu nesta terça-feira (26/10), em Votorantim/SP. As informações são do G1 SP.

Segundo a polícia, a jovem morreu após tomar medicação ‘kit aborto’ que comprou com ajuda do namorado pela internet.

A vítima foi encontrada morta pelos pais na residência onde morava, na Vila Dominguinho.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, Ana Carolina fez uso da medicação em uma pousada no bairro Campolim, em Sorocaba, junto com o namorado, no domingo (24/10).

Na segunda-feira (25/10), ela chegou a relatar dores e mal estar ao namorado por mensagens. Mas, o rapaz pediu para que Ana Carolina não contasse aos pais e que “resolveriam no dia seguinte”.

O namorado da jovem foi preso em flagrante por crime contra a vida e encaminhado para a delegacia de Votorantim.

Ele foi interrogado durante audiência de custódia e depois foi solto para ser investigado em liberdade.

Segundo o jovem, o medicamento foi comprado pela internet depois que a namorada e ele tomaram a decisão de interromper a gravidez. Durante o procedimento, os dois tiveram a orientação de uma “técnica” por WhatsApp a respeito do que deveriam fazer.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *