Homem ganha na loteria após passar 42 dias em coma devido à Covid-19

Analista de Campinas está muito feliz com o resultado

Esta é uma história de como um pouco de sorte pode fazer a diferença na vida de uma pessoa. Rogério Maria, de 51 anos, passou 68 dias internado por conta de complicações da Covid-19. Destes, 42 foram em coma. Mas 2021 começou com o pé direito para ele: uma vitória em um bolão na Mega Sena da Virada foi um impulso e tanto para a recuperação. “Tudo isso me fez dar valor às pequenas coisas da vida”, diss em entrevista ao G1.

O homem chegou a ficar com 80% dos pulmões comprometidos. “Sentei na cadeira de rodas e passei pelo corredor do hospital. Essa é a última lembrança que tenho daquele dia, antes dos 42 dias em coma”, lembra o analista, que mora na cidade de Campinas.

Rogério durante o tratamento. Crédito: arquivo pessoal.

A doença foi avassaladora para Rogério. Ele retornou para casa em setembro. 27 kg a menos, queda de cabelo e a pele escurecida pelos remédios que tomou. Também teve perda de memória recente e lesões nos nervos periféricos das duas pernas, impossibilitando a caminhada.

A força de vontade, no entanto, falou mais alto. “Pedi que levassem embora a cadeira de rodas, o andador e a cadeira de banho, tudo que me lembrasse da minha condição, pois eu tinha que superar o que estava passando. A partir daí, me arrastava pela casa, me apoiava em tudo”, conta.

Comprovante do prêmio. Crédito: arquivo pessoal.

Depois de tudo isso, mais um drama: o benefício negado no INSS. Mas depois da tempestade, os refrescos: o prêmio na Mega Sena. Rogério faturou cerca de R$7 mil líquido.

 

Por Meio Norte

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *