Jaicós: ações da Assistência Social e CRAS garantem promoção da cidadania

O cuidado e zelo com as pessoas é prática permanente da Secretaria Municipal de Assistência Social. Responsável pela gestão e coordenação da política para o setor, a pasta atua sempre coma preocupação de promover a cidadania e direitos humanos no município de Jaicós.

Segundo a coordenadora do CRAS, Maria Anunciação Freitas Crisanto a pasta tem sempre caminhado junto com Secretaria de Assistência Social, por meio dos ex-secretários, e agora, pela atual Secretária Oziana Oliveira, no desenvolvimento de projetos e ações que visam atender às necessidades básicas sociais da população.

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é a porta de entrada da Assistência Social. É um local público, localizado prioritariamente em áreas de maior vulnerabilidade social, onde são oferecidos os serviços de Assistência Social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade”, destaca a coordenadora.

Neste sentido, são várias as iniciativas, voltadas a atender os cidadãos com políticas públicas que garantam a conquista e manutenção de direitos, de maneira que tenham também assegurada a dignidade.

Além de gerir programas e convênios com órgãos governamentais, a pasta desenvolve atividades variadas como a entrega de passe livre para pessoas portadoras de deficiência, entrega e renovação de carteirinhas de idosos para pessoas com mais de 60 anos, ações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, tanto com crianças de 03 a 06, 06 a 15 anos, quanto adolescentes de 15 a 17, e idosos acima de 60 anos desenvolvendo atividades de lazer, dança, artesanato, prática esportiva e cultura estimulando a convivência em sociedade.

No Cras, os cidadãos também são orientados sobre os benefícios assistenciais e podem ser inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

CRAS – Centro de Referência de Assistência Social

O CRAS é uma unidade de Proteção Social Básica do SUAS (Sistema Único da Assistência Social), que tem por finalidade atender e acompanhar as famílias em vulnerabilidade e risco social do nosso município. Tem como objetivo o desenvolvimento de potencialidades e aquisições das famílias, o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários e a ampliação do acesso aos direitos de cidadania.

PAIF- Proteção e Atendimento Integral 

Consiste no trabalho social com famílias, de caráter continuado, com a finalidade de fortalecer a função protetiva da família, prevenir a ruptura de seus vínculos, promover seu acesso e usufruto de direitos e contribuir na melhoria de sua qualidade de vida. Prevê o desenvolvimento de potencialidades e aquisições das famílias e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, por meio de ações de caráter preventivo, protetivo e proativo. O serviço PAIF integra o nível de proteção social básica do SUAS.

CADUNICO – Cadastro Único

O Cadastro Único é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras para inclusão de Programas Sociais do Governo.

PBF- Programa Bolsa Família

O Programa Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia família em situação de pobreza. O PBF contribui com a erradicação da pobreza e para conquista da cidadania pela parcela da população mais vulnerável à fome, além de reforçar ao exercício de direitos sociais básicos na área da saúde e educação, por meio dos cumprimentos das condicionalidades.

O programa Bolsa Família está atualizando e fazendo a inclusão de membros para os beneficiários que receberem a mensagem por escrito no comprovante de pagamento. Estes, deverão comparecer na Secretaria Municipal de Assistência Social.

Coordenador: Ivan Veloso

BPC- Benefício de Prestação Continuada

O Benefício de Prestação Continuada é um beneficio da Assistência Social, destinado às pessoas idosas (acima de 65 anos) e pessoas com deficiência que possuem renda, por pessoas igual ou inferior a ¼ do salario mínimo. O valor do BPC é uma salário mínimo, pago a idosos que não tem renda e as pessoas com deficiência que não podem trabalhar e levar uma vida independente.

Todos os beneficiários deverão comparecer na Secretaria Municipal de Assistência Social, munidos dos documentos do beneficiário e todos os dependentes para atualização do benefício.

Programa Criança Feliz

O Programa Criança Feliz é um programa do Governo Federal, instituído por meio do decreto n°8. 869/2016, de caráter intersetorial, com a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.

O programa tem como público prioritário: gestantes, crianças de até 3 (três) anos e suas famílias beneficiárias do Bolsa Família. Crianças de até 6 (seis) anos e suas famílias beneficiárias do BPC. Crianças de até 6 (seis) anos afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida protetiva prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente.

O atendimento às famílias acompanhadas pelo programa é realizado através das visitas domiciliares que são realizadas de forma semanal com as famílias com crianças e de forma mensal com as famílias com gestantes.

Entrega de enxovais

A entrega de enxovais é realizada todo mês. O cadastro é feito pela enfermeira de cada PSF.

SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Veículos (SCFC) é um serviço da Proteção Social Básica do SUAS que é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF).

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) realiza atendimentos em grupo. São atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, dentre outras, de acordo com a idade dos usuários.

O mesmo é ofertado no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Podem participar crianças, jovens; pessoas com deficiência; pessoas que sofreram violência, vítimas de trabalho infantil, jovens e crianças fora da escola, jovens que cumprem medidas socioeducativas, idosos sem amparo da família e da comunidade ou sem acesso a serviços sociais, além de outras pessoas inseridas no Cadastro Único.

Os usuários do SCFV são organizados em grupos, a partir de faixas etárias ou intergeracionais:

  • Crianças até 6 anos
  • Crianças e adolescentes de 6 a 15 anos
  • Adolescentes de 15 a 17 anos
  • Pessoas Idosas

O serviço tem como objetivo fortalecer as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentido de vida coletiva. O SCFV possui um caráter preventivo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades dos usuários.

Para participar do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, o cidadão deve procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do  município de Jaicós, de Segunda a quinta das 8 às 12h.

Coordenadora: Herdeny Carvalho

CONTATOS DO CRAS:

Horário de funcionamento: 8:00 às 12:00 horas (Funcionando em horário reduzido devido a pandemia)

Dias da Semana: de Segunda-Feira a Quinta-Feira

Endereço: Rua João Goulart S/N, Centro – cep 64575000 – Jaicós – PI

Telefone: 3457 – 1861

Celular: 

E-mail: [email protected]

Facebook: cras jaicos

Coordenadora do CRAS: Maria Anunciação Freitas Crisanto

 

Por Ascom

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *