Jaicós: “Projeto Samaritano” da Igreja Assembleia de Deus é exemplo de amparo a famílias carentes do município

Em meio a toda a pandemia gerada pelo novo coronavírus a Covid-19, eis que surge uma notícia boa, de ajuda, de solidariedade e, principalmente de amor ao próximo, tão raro no mundo atual, mas não no coração dos verdadeiros cristãos que procuram vivenciar na prática os ensinamentos do Cristo.

Em Jaicós, Centro-Sul do Piauí, o “Projeto Samaritano” que tem como lema: “Vá e faça! (Lucas 10:37)” desenvolvido pela Igreja Assembleia de Deus, tem feito a diferença na vida de quem realmente precisa de amparo social.

A ideia do projeto surgiu pela mente da jovem cristã, Bianca Reis, que inspirada por Deus, elaborou com o objetivo de atender as necessidades das famílias carentes do município, por meio de atividades de assistência social.

O projeto, após elaborado, foi apresentado a toda a igreja que amplamente o abraçou e o colocou em prática.

Dois pontos serviram de inspiração para Bianca na elaboração do “Projeto Samaritano”. O primeiro, por ser Jaicós um município piauiense com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado baixo, apenas 0,524,  onde há muitas pessoas inseridas na margem da pobreza extrema “Uma triste realidade que necessita da colaboração dos diferentes atores da sociedade para que seja transformada”, disse.

O segundo e o mais importante, como ela mesma justificou no projeto “O desejo de amparar os mais necessitados, assim como o apóstolo Paulo falou: ‘Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é mister socorrer os necessitados e recordar as palavras do próprio Senhor Jesus: Mais bem-aventurado é dar que receber.’ (Atos 20:35).

Bianca narra como é feita a escolha da família beneficiada: “Pelo projeto seria através da Secretaria Municipal de Assistência Social, já que ela tem o cadastro das famílias em situação de vulnerabilidade social. Só que devido a essa pandemia, na escolha dessa primeira família, entrei em contato com a enfermeira Socorro, pelo fato dela conhecer muita gente carente. E foi o que ela fez, nos indicou”, e continua “após a seleção, neste caso, indicação, os integrantes do projeto passam a conhecer a história dessa família, entender o que essa família passa e ver se realmente essa família precisa, e se estão incluídas realmente no perfil do projeto, que são famílias realmente carentes que precisam de cuidados, insuficientes para  se auto-sustentarem”, completou.

Ao visitar a família, os voluntários do projeto fazem um levantamento minucioso de tudo. Quantidade de pessoas na casa, número de crianças, cômodos, incluindo as necessidades dos móveis, roupas, calçados e a numeração, um verdadeiro checklist (lista de controle).

Após a visita e já com todos os dados coletados das necessidades da família, os integrantes do projeto partem agora para levantar as doações de tudo aquilo que está no checklist (lista de controle).

Para angariar as doações os integrantes do Projeto Samaritano se desdobram. Usam o grupo de WhatsApp do próprio projeto, se reúnem, dividem tarefas, num verdadeiro “arregaço de mangas”.

Bianca, motivada pela ação solidária, conta um pouco da primeira experiência do projeto:

“Essa primeira família escolhida não tinha banheiro, luz, água, não tinha simplesmente nada dentro de casa. A água já conseguimos ligar. Já conseguimos todo o material para construir o banheiro, vamos fazer a paredinha para colocar a caixa de água e ligar a energia da casa. Conseguimos alguns móveis, utensílios de cozinha, comida para três meses,  falta poucas coisas, produtos de higiene pessoal e produtos de limpeza”, e acrescentou “o banheiro vamos começar a construir daqui a 15 dias, tudo está em andamento”, disse com olhos cheios de esperança.

A ação social desenvolvida pelos voluntários do Projeto Samaritano da Igreja Assembleia de Deus, é um exemplo vivo de que o poder do querer é transformador. E vai além. É na prática o amor ao próximo.

Deus nos chama para viver em amor. Isso significa que precisamos amar as pessoas à nossa volta. Nem sempre isso é fácil, porque essas pessoas podem ser muito diferentes de nós. Mas a Bíblia explica porque é muito importante amar o próximo. Jesus mandou amar o próximo: “Este é o meu mandamento: amem-se uns aos outros”. João 15:17.

Fases do projeto em imagens:

Nessa primeira fase é onde conhecemos a família e a sua história.

Segunda fase: entrega de um fogão e um armário de cozinha. Colocação da fiação da casa e lâmpadas para quando ligar a energia. Instalação da encanação para ligar a água.

Terceira fase: entrega de um filtro e utensílios de cozinha para dona Maria.

Quarta fase: entrega, por meio do Armazém do Povo de uma cama de casal box e uma mesa com quatro cadeiras.

 

Fonte: Portal Saiba Mais

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *