Jaicós recebe mais 80 doses da vacina contra a covid-19 e dá continuidade à vacinação

A nova remessa é do imunizante produzido pela Universidade de Oxford, em parceria com a AstraZeneca; vacinação seguirá atendendo profissionais de saúde. 

A Prefeitura de Jaicós, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, recebeu nesta terça-feira (26.jan) mais 80 doses de vacina contra a covid-19. Esta segunda remessa é do imunizante produzido pela Universidade de Oxford, em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. O quantitativo será utilizado para continuar a vacinação de profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia do novo coronavírus.

As doses imunizarão os profissionais da saúde que atuam na linha de frente e estão em contato direto com pacientes que apresentem sintomas de covid-19. A quantidade do público-alvo a ser coberta aumentará conforme o município receber novas doses dos dois imunizantes que fazem parte do Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

“Seguiremos o atendimento a quem está na linha de frente. Com as novas doses, continuaremos imunizando os profissionais da saúde que são ao todo 253.  Esperamos a chegada de mais doses para dar sequência à vacinação do grupo prioritário”, destaca a secretária municipal de Saúde, Audeli Coutinho.

Vacinação segue em andamento

Esta é a segunda remessa de vacinas contra a covid-19 enviada a Jaicós. Na última quarta-feira (19.jan), o município recebeu do Governo Federal 86 doses do imunizante CoronaVac, produzido pelo labortatório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Desde então, já foram imunizados 86 profissionais de saúde, da chamada linha de frente no combate à covid-19.

 “O Ministério da Saúde e o Governo do Piauí nos garantiram que nós estamos com reserva para realizarmos as segundas doses e, também, contemplarmos todo o público-alvo em vigor, os trabalhadores da saúde”, explicou a coordenadora de imunização Rakel Monteiro.

Já foram vacinados nesta quarta-feira (27.jan), os médicos da Atenção Básica de Saúde e Hospital Florisa Silva, profissionais da fisioterapia, agentes comunitários de saúde e agentes da vigilância sanitária.

Por Portal Saiba Mais

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *